PS/Flores faz balanço positivo da visita estatutária do Governo Regional

0
12
DR-PS/Açores

O Governo Regional dos Açores efetuou a visita estatutária à ilha das Flores entre os dias 26 e 28 de março, tendo havido oportunidade para verificar o ponto de situação de algumas ações importantes para a ilha, bem como tendo sido anunciadas ou lançadas novas e importantes ações e medidas com relevância para o desenvolvimento da nossa ilha.

O Secretariado de ilha das Flores congratula-se com os resultados da visita efetuada, nomeadamente com as deliberações efetuadas no Conselho do Governo realizado na ilha, dos quais importa salientar:

– Lançamento do concurso para a empreitada de requalificação e modernização do entreposto frigorifico das Lajes, com um investimento estimado de cerca de 470 mil euros

– Apoiar a Cooperativa Ocidental, com um valor de cerca de 250 mil euros, designadamente nas áreas do apoio técnico e apoio a gestão, que visa assegurar a sua sustentabilidade

– Apoiar a Ouvidoria das Flores num valor até 50 mil euros, para obras de recuperação e preservação de várias igrejas da ilha

– Reabilitação do troço de estrada de regional entre a freguesia do Lajedo e o lugar do Campanário, num investimento estimado de cerca de 55 mil euros

– Requalificação do troço da estrada regional n.º1-2.ª entre o Feital da freguesia da Fazenda e os Lameiros na freguesia da Lomba com um investimento estimado de cerca de 150 mil euros

Podemos constatar ainda que estão a decorrer algumas obras de grande relevância para a ilha da Flores, nomeadamente:

– Requalificação do Porto das Poças, um investimento de cerca de 8,5 M€

– Beneficiação do Centro de Saúde, um investimento de cerca de 1,5 M€

– O projeto da Estação Geodésica Fundamental da ilha das Flores, atualmente em fase de elaboração

O PS concluiu que pese embora alguns condicionalismos ou circunstâncias adversas, o Governo Regional tem efetuado um esforço considerável para dar resposta aos problemas da ilha das Flores e aos anseios dos florentinos, estando a decorrer parte significativa dos seus compromissos com os florentinos e a dar as respostas necessárias ao desenvolvimento e progresso da nossa ilha.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO