PSD/Açores defende revisão de horários da SATA

0
10
DR

A deputada do PSD/Açores Elisa Sousa defendeu hoje a revisão dos horários da SATA e das frequências dos voos nas ligações a Santa Maria, alegando que o atual planeamento “em nada serve as necessidades da ilha”.

“Com uma taxa de ocupação anual de 75%, Santa Maria precisa que sejam revistos os horários e a frequência de voos durante o Inverno IATA, de modo a permitir um maior e melhor fluxo de passageiros de e para a ilha”, afirmou a social-democrata.

Em requerimento enviado à Assembleia Legislativa dos Açores, a parlamentar mariense considerou que deve ser reposto o voo da quarta-feira de manhã, retirado há alguns anos, de forma a evitar que “os marienses tenham menos um dia para se deslocar a São Miguel sem ter de pernoitar na ilha vizinha”.

Além disso, referiu Elisa Sousa, o horário do voo da manhã, com partida de Ponta Delgada às 06H30, “não permite ligação dos voos que chegam a Ponta Delgada de Boston, Toronto e Lisboa, fazendo com que os passageiros que tenham como destino final Santa Maria fiquem o dia inteiro retidos na ilha de São Miguel”.

“A alteração do horário deste voo para as 8H00, com partida de Ponta Delgada, servirá de uma forma mais condigna quem quer visitar a ilha de Santa Maria, mas será também um melhor horário para os marienses que se deslocam a São Miguel”, disse.

A deputada social-democrata referiu também que o horário dos voos da tarde da SATA Air Açores de e para a ilha de Santa Maria “condiciona, uma vez mais, os marienses que se deslocam a São Miguel em trabalho ou para a realização de consultas e exames”.

“Um mariense que tenha uma consulta numa terça-feira às 14H00 tem de sair de Santa Maria segunda-feira à tarde, perdendo a tarde de trabalho. E o regresso terá de ser na quarta-feira, perdendo assim dois dias e meio de trabalho. O mesmo aconteceria se a consulta fosse marcada à quarta-feira no mesmo horário”, sublinhou.

A parlamentar do PSD/Açores acrescentou que a SATA Air Açores, nas ligações de e para Santa Maria durante o Inverno IATA, apenas disponibiliza 1440 lugares, “ficando aquém dos 1800 lugares previstos nas obrigações de serviço público”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO