Reabilitação psicossocial e integração da pessoa com doença mental na comunidade será reforçada nos Açores, afirma Diretor Regional

0
22

O Diretor Regional da Saúde afirmou hoje, em Ponta Delgada, que a reabilitação psicossocial e a integração da pessoa com doença mental na comunidade será reforçada na Região.

“No início deste ano, apresentamos o ‘Espaço para a Saúde Mental’, após um trabalho prévio de caraterização do estado de saúde mental da população açoriana, de identificação dos recursos existentes e das necessidades em saúde mental, como metodologia de apoio à tomada de decisão que suporte a identificação das principais áreas prioritárias de intervenção e implementação de estratégias promotoras da saúde mental”, afirmou Tiago Lopes, considerando que, do mesmo modo que a saúde não é, apenas e só, a ausência de doença, também “a saúde mental é mais do que a ausência de perturbação mental”.

“Tendo em conta o trabalho realizado, bem como as recomendações internacionais e nacionais relativamente à saúde mental e psiquiatria, a abordagem da saúde mental comunitária, a reabilitação psicossocial e a integração sócio-familiar da pessoa com saúde mental tornaram-se fundamentais”, frisou, acrescentando, nesse sentido, que se tornou necessária a criação de novas equipas multidisciplinares na comunidade que suportem estes objetivos para a saúde mental.

“Para este efeito foi definida uma estratégia global que consiste em articular de modo concertado os diversos serviços públicos, sociais e privados que prestam cuidados em saúde mental, numa perspetiva de mudança gradual do paradigma assistencial na Região”, salientou o Diretor Regional.

Segundo Tiago Lopes, “é neste sentido que toda a experiência adquirida pelos institutos deverá convergir, bem como os recursos existentes no Serviço Regional da Saúde, materializando-se já esta quinta-feira naquele que será um excelente exemplo da reabilitação psicossocial e integração da pessoa com doença mental conforme pretendido”.

O Diretor Regional referia-se à assinatura, no Solar dos Remédios, em Angra do Heroísmo, de um acordo de cooperação entre a Unidade de Saúde de Ilha da Terceira e a Casa de Saúde de São Rafael – Instituto São João de Deus, que prevê a efetivação das respostas de intervenção domiciliária no âmbito da saúde mental.

Tiago Lopes falava à margem da conferência ‘Conversando sobre Saúde Mental’, promovida pelos institutos das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus e de São João de Deus, através da Casa de Saúde de Nossa Senhora da Conceição e da Casa de Saúde de São Miguel.

O Diretor Regional destacou o trabalho desenvolvido por ambos os institutos na área da saúde mental na Região, dando o exemplo do trabalho realizado em conjunto ao longo dos últimos meses.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO