Santa Maria com investimentos que projetam a ilha no País e internacionalmente

0
15
DR

“A NAV constitui uma mais-valia económica e social para Santa Maria, mas também para os Açores, contando com 200 trabalhadores, 150 dos quais na ilha, o que é fácil de constatar o impacto que esta infraestrutura tem”, referiu esta quinta-feira a cabeça de lista do PS/Açores às Eleições Legislativas nacionais do próximo dia 6 de outubro.

Isabel Almeida Rodrigues falava à margem da visita à NAV, cujo trabalho contribuiu para colocar os Açores no centro do controlo e da segurança aeronáutica. Sobre os  investimentos de 28 milhões de euros, previstos para desenvolver entre 2017 e 2021 na NAV, a candidata considera que “demonstram a preocupação que existe com aquilo que é o futuro da qualidade da prestação de serviços que é aqui feita, procurando manter esta estrutura na linha da frente dos serviços que são prestados mantendo-os assim com grande nível de qualidade e excelência ao nível da segurança aeronáutica”.

Nesta deslocação à ilha de Santa Maria, Isabel Almeida Rodrigues sublinhou o desenvolvimento e o impulso que a ilha tem recebido por via de um conjunto de investimentos que a projetam a nível nacional e a nível internacional em áreas emergentes, mas com grande potencial, como é o caso do setor aeroespacial.

“Verificámos ainda que com o trabalho do Partido Socialista no Governo da República e a cooperação com os órgãos de governo próprio da Região foi possível ao longo dos últimos quatro anos seguir o rumo de crescimento e desenvolvimento que queremos continuar a prosseguir, pelo que continuaremos a trabalhar para merecer a confiança dos Açorianos”, acrescentou.

A candidata socialista lembrou ainda que foi por ação do Partido Socialista que esta importante infraestrutura se manteve na ilha e na Região. “Quando esteve em causa a manutenção do Centro de Controlo Aéreo em Santa Maria, foi António Guterres, à altura Primeiro-Ministro de Portugal, que decidiu, contra a vontade muitos, que essa infraestrutura seria para manter nos Açores, mais concretamente na ilha de Santa Maria”.

Nesse sentido, a candidata do PS/Açores reiterou a importância de se ter em Lisboa um Governo da República do Partido Socialista, que seja, tal como tem vindo a se suceder, um governo amigo dos Açores, “que entenda as nossas especificidades e a necessidade de olhar de forma diferente para aquilo que é necessariamente diferente, tendo em conta as nossas características e descontinuidade territorial”, referiu.

Nos últimos quatro anos foi possível conseguir muitos avanços em várias matérias, devido a esta mesma cooperação e entendimento entre o Governo da República e o Governo dos Açores. Isabel Almeida Rodrigues enfatiza que a questão que se coloca no próximo dia 6 de outubro, “ é saber se queremos um Governo que mantenha esta perspetiva sobre os Açores, com respeito pela nossa Autonomia e pelas nossas especificidades e com vontade de ajudar, de apoiar e de criar soluções, ao invés de criar bloqueios”, acrescentou a candidata do PS/Açores às eleições Legislativas do próximo dia 6 de outubro.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO