Vasco Cordeiro anuncia novas medidas para apoiar empresas na economia digital

0
5
DR

O Presidente do Governo anunciou a criação de duas novas medidas para apoiar as empresas açorianas a reforçar a sua presença na economia digital, tendo em conta que esta área constitui um “poderosíssimo instrumento de abolição de fronteiras”.

“Estamos a preparar uma nova medida, denominada ‘Capacitação para o Digital’, que vai permitir às empresas açorianas um contacto direto com empresas do exterior de referência na área do digital, no sentido de aprofundarem as suas qualificações e adotarem as melhores práticas internacionais em vigor na economia digital”, adiantou Vasco Cordeiro.

Na cerimónia de entrega da distinção ‘Empresa Digital Açores’, que decorreu sexta-feira e contemplou cerca de 40 empresas de várias ilhas na edição deste ano, o Presidente do Governo salientou que esta nova medida pretende, na prática, garantir aos empresários dos Açores interessados a “possibilidade de também estarem na linha da frente da transformação digital, reforçando, assim, as condições para serem cada vez atrativas e competitivas no mercado global”.

Vasco Cordeiro anunciou ainda uma segunda medida destinada às empresas que estão a aderir ao projeto ‘Distinção Empresa Digital Açores’ e que prevê a disponibilização do apoio necessário para que possam apresentar a sua candidatura à atribuição do ‘Selo Confio.pt’.

O ‘Selo Confio.pt’ resulta de uma parceria entre a ACEPI – Associação da Economia Digital, a Associação DNS.PT (responsável pelo domínio .pt) e a DECO – Associação de Defesa do Consumidor.

“Este selo representa o culminar do processo de evolução nas boas práticas da ‘Distinção Empresa Digital Açores’ e garante a credibilidade das entidades fornecedores de produtos e serviços com recurso ao online”, referiu o Presidente do Governo.

Segundo disse, estas novas medidas, assim como as restantes que já estão em vigor nesta área, enquadram-se na estratégia regional para a economia digital, que tem o objetivo principal de criar as condições favoráveis que permitam reforçar, também por esta via, a competitividade das empresas dos Açores.

Nesse sentido, o Presidente do Governo destacou a forte adesão das empresas açorianas ao projeto ‘Distinção Empresa Digital Açores’, que, no espaço de um ano, passou de 70 para mais de 250 empresas inscritas nesta plataforma.

Além disso, o projeto ‘Vale PME Digital Açores’, em que a empresa identifica os aspetos que necessita de melhorar e pode utilizar o apoio de um determinado montante para reforçar a sua qualificação nesta área, já permitiu um investimento de mais de 650 mil euros, disse.

“A primeira conclusão a retirar destes dados é a de que os nossos empresários estão, cada vez mais, despertos para a incorporação desse potencial da transformação digital na sua visão estratégica, um passo que é absolutamente fundamental para uma economia robusta, geradora de emprego e de riqueza nas várias áreas de atividade. No fundo, trata-se de colocar a nossa economia com as condições para uma competitividade global”, destacou Vasco Cordeiro.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO