XXVIII Campeonato Regional de Tiro, disciplina “Trap”

0
173
blank

No passado dia 29/30 de abril e 01 de maio, realizou-se nas instalações de tiro do Clube Desportivo de Tiro de S. Miguel, na Ribeira Grande, o XXVIII Campeonato Regional de Tiro “Trap” e a XVII Taça Açores “Trap”, com a participação de 37 atiradores federados, das ilhas Faial (9), Pico (6), S. Jorge (3), Terceira (8) e S. Miguel (11).

Venceu o Campeonato, o atirador terceirense João Sousa, totalizando nas quatro séries de 25 pratos, 96 em 100 possíveis (24+25+25+22).

A XVII Taça Açores Trap, disputada a 25 pratos, apenas pelos seis primeiros classificados no Campeonato Regional, também foi ganha por João Sousa, que atingiu o pleno, 25/25.

O Clube Desportivo de Caça e Golfe do Faial deslocou a S. Miguel uma comitiva de nove atiradores, oito seniores, um feminino, Vera Sousa, sete masculinos, Bruno Garcia, Gjalt Zee, Hugo Ramalho, Nelson Pereira, Rui Garcia, Vasco Peixoto e Vitor Rosa. E um veterano, Demétrio Feijó Alvarez, dirigente do CDCGFaial e da ARTA – Associação Regional de Tiro dos Açores.

Por equipas, o CDCGFaial, classificou-se em segundo lugar, 261 pratos em 300, com a participação dos três melhores apurados nas quatro Contagens do Campeonato do Faial, provas iniciadas a 12-01-2022 e terminadas a 19-03-2022. Contribuíram para a citada classificação, Vasco Peixoto (88/100), Bruno Garcia (87/100) e Hugo Ramalho (86/100).

Foi vencedora, a equipa do CDTITerceira, com 270/300. Em terceiro, o CDTCPPico, 257/300, quarto, CDCPIS.Jorge, 254/300 e último CDTSMiguel, 219/300.

Os três melhores atletas faialenses, todos com 88 pratos partidos em 100, foram Vitor Rosa, Vasco Peixoto e Rui Garcia.

Hugo Ramalho, menos dois pratos, 86, classificou-se em 15º da geral, Nelson Pereira, 79, 21º da geral, Demétrio Alvarez, 68 pratos, quinto de Veteranos.

Gjalt Zee, 62 pratos, 34.º lugar.

Vera Sousa, totalizou 37 pratos (14+13+17+11), segundo lugar de Damas.

De acordo com o regulamento federativo “Trap”, no CDTSMiguel utilizaram três máquinas automáticas de lançar pratos. A máquina do centro, lançou pratos cuja trajetória não teve desvios superiores a 15 graus, entre cada lado. A máquina da direita e a da esquerda, lançou pratos, para o seu lado contrário, para os lados esquerdos e direita, respetivamente. Cada atirador, apenas dispara a cinco pratos frente, dez esquerdos e dez para lado direito, aleatoriamente, por efeito de um sorteador, programador.

Os pratos têm um diâmetro de 110 mm.