6 de novembro, dia de Sophia. “Eu nasci há um instante”

0
4
DR
Este é o tricentésimo décimo dia do ano. Faltam 55 dias para o final de 2019. Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Meio Ambiente em Tempo de Guerra e de Conflito Armado
Principais acontecimentos registados no dia 6 de novembro:

1656 – Morre D. João IV.

1772 – O Marquês de Pombal oficializa o ensino primário em Portugal.

1860 – Abraham Lincoln vence as eleições presidenciais dos EUA.

1869 – Disputa-se aquele que todos consideram ter sido o primeiro jogo de futebol americano da história entre a Rutgers University e os seus vizinhos da Princeton University.

1893 – Morre, aos 53 anos, em São Petersburgo, o compositor russo Piotr Ilich Tchaikovsky.

1913 – Mahatma Gandhi é preso pela primeira vez, quando liderava uma marcha de mineiros em protesto.

1919 – Nasce, no Porto, a poetisa Sophia de Mello Breyner.

1921 – O Teatro Ginásio de Lisboa é destruído por um incêndio.

1929 – Morre o pintor Columbano Bordalo Pinheiro.

1936 – Guerra Civil de Espanha. Começa o cerco de Madrid, pelas forças falangistas de Franco. O Governo republicano muda-se para Valência.

1959 – É criado o Centro de Instrução de Operações Especiais de Lamego.

1962 – A Assembleia-geral das Nações Unidas aprova a aplicação de sanções económicas à África do Sul pela política de discriminação racial.

1968 – Começam, em Paris, conversações para a paz no Vietname.

1975 – Debate televisivo na RTP entre o líder socialista Mário Soares e o secretário-geral do PCP, Álvaro Cunhal. Soares acusa o chefe dos comunistas de querer instaurar uma nova ditadura no país. Cunhal que o considera o chefe da reação responde com uma frase que fica célebre: “Olhe que não, doutor, olhe que não…”.

“OLHE QUE NÃO, DOUTOR, OLHE QUE NÃO…”.

1984 – Ronald Reagan é reeleito presidente dos EUA.

1985 – Posse do X Governo Constitucional. Primeiro-ministro é Cavaco Silva.

1997 – Mário Soares e Álvaro Cunhal discutem o futuro da União Europeia num programa de televisão, reeditando o debate de 1975.

2002 – Começa, em Lisboa, a demolição do Estádio José Alvalade, inaugurado a 10 de junho de 1956.

2003 – O grupo têxtil Melka encerra as duas últimas empresas em Portugal, deixando no desemprego 308 trabalhadores.

– A sonda espacial norte-americana Voyager 1, lançada 26 anos antes, abandona o sistema solar.

2005 – Cerca de 1300 carros incendiados, dez polícias antimotim feridos e 312 pessoas detidas, em bairros suburbanos de diferentes regiões de França, no 11º dia de violência.

2006 – A TAP chega a acordo com o grupo Espírito Santo para a compra da Portugália, por 140 milhões de euros.

– Os movimentos palestinianos Hamas e Fatah chegam a um princípio de acordo para a formação de um governo de unidade nacional.

2008 – A MTV atribui a título excecional o prémio “Lenda da música” a Paul McCartney, que com os Beatles colocou Liverpool no centro do mapa da música pop rock a partir dos anos 1960.

2012 – Morre, aos 98 anos, Maxime, mais velho líder religioso ortodoxo da Europa, patriarca da Igreja Ortodoxa búlgara.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO