Açores considerados o Melhor Destino da Aventura da Europa

0
107
blank

Hoje, o arquipélago dos Açores ganhou o prémio de  “Melhor Destino da Aventura da Europa” (“Europe ́s Leading Adventure Tourism Destination 2021”), no World Travel Awards 2021, evento que reconhece e recompensa a “excelência nos setores da indústria do turismo”.

Para esta categoria estavam também nomeados os seguintes destinos: Áustria, Inglaterra, Islândia, Irlanda, Itália, ilha da Madeira, Noruega, Portugal, Escócia, Espanha e Pais de Gales e a votação contou com a participação do publico e de milhares de profissionais de turismo espalhados por todo o mundo.

Luis Capdeville Botelho, diretor executivo da Associação Turismo dos Açores, destaca “a felicidade em re-validar a distinção, numa categoria que agrega grande parte das nossas experiências e é mais uma ferramenta, muito relevante, para promover o nosso destino mundialmente.”

Luis Capdeville Botelho reforça ainda que “tendo em conta a crescente procura por um turismo sustentável, não massificado e de experiências imersivas/aventura em contacto com a natureza, a ATA, pelas características únicas do nosso arquipélago irá continuar a promover os nossos produtos, tão procurados por quem nos visita, da melhor forma possível”.

Já com algumas distinções, a nível nacional e internacional, 2021 tem sido um ano muito positivo e para a Associação Turismo dos Açores | ATA.

 

Sobre a World Travel Awards:

A WTA foi criada em 1993 para reconhecer, recompensar e celebrar a excelência em todos os sectores da indústria do turismo.

Atualmente, a WTA é reconhecida globalmente como a marca de qualidade final, com os
vencedores a estabelecerem a referência a que todos os outros aspiram.

Todos os anos, a WTA cobre o globo com uma série de cerimónias de gala regionais desenhadas para reconhecer e celebrar o sucesso individual e coletivo dentro de cada região geográfica chave.

As cerimónias de gala da WTA são amplamente consideradas como as melhores oportunidades de networking na indústria das viagens, com a participação de líderes governamentais e da indústria, opinion-leaders e meios de comunicação internacionais (imprensa e radio).

 

Fonte: ATA – Associação Turismo dos Açores