Açores – Constituída a Delegação da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla

0
559

Já se encontra constituída na Região Autónoma dos Açores (RAA) a Delegação da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), que surgiu da enorme vontade de transformar pequenos gestos numa melhoria da qualidade de vida de todos aqueles que vivem esta jornada na primeira pessoa.
De acordo com a nota de imprensa remetida à comunicação social, a esclerose múltipla, apesar de constituir uma das doenças mais comuns do Sistema Nervoso Central (SNC) e a principal causa de incapacidade neurológica nos jovens adultos, “é ainda uma doença da qual muito se desconhece, cujo percurso não é possível determinar com exatidão.
Refere ainda a nota, que na RAA, tem-se observado uma certa constância no número de novos casos diagnosticados por ano, mas o número total de doentes em tratamento (que ronda atualmente a centena nos três hospitais da Região) tem vindo a aumentar, o que se atribui à maior sobrevida, associada a uma melhoria dos tratamentos e dos cuidados de saúde.
Adianta a Delegação da SPEM que, na Região, devido essencialmente à insularidade e ao distanciamento físico de bens e serviços, procurou avaliar e colmatar necessidades, através da criação de parcerias e/ou bolsa de voluntários, de modo a criar uma rede de apoio para portadores e cuidadores.
Por outro lado, com vista à mitigação do estigma, pessoal e social, optaram pelo desenvolvimento de ações de sensibilização, de modo a promover a informação, consciencialização e capacitação de portadores, familiares, cuidadores e sociedade civil em relação à doença e ao seu impacto.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO