Açores são região exemplar para um desenvolvimento sustentável de excelência, afirma Rui Bettencourt

0
15
DR

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas defendeu hoje, em Bruxelas, que os Açores são “uma região exemplar“, assegurando que existe empenho em desenvolver um turismo sustentável de “excelência” no arquipélago.

“Há uma tendência global e mundial com o aumento do turismo, com o aumento dos transportes e com o aumento de uma procura e de uma necessidade um turismo mais de natureza, encontrando-se os Açores no cruzamento deste desenvolvimento e deste crescimento do turismo”, afirmou Rui Bettencourt, que falava num debate sobre as novas tendências, desafios e soluções para o turismo sustentável, no âmbito da reunião da Comissão dos Recursos Naturais (NAT) do Comité das Regiões.

“Evidentemente que os Açores têm alguns desafios pela frente nesta questão, mas têm-se aproximado muito na gestão do turismo de uma preocupação com a sustentabilidade ambiental e com a qualidade do turismo”, acrescentou o titular da pasta das Relações Externas.

Para o governante, a Região tem dificuldades que também outras regiões têm no seu crescimento, mas considerou que também têm “uma boa resposta”, nomeadamente na missão de terem objetivos de sustentabilidade forte que os destaque a nível europeu.

Na sua intervenção, o Secretário Regional disse ainda que os Açores “são especiais” e que devem ser “bem preservados”, frisando a importância de desenvolver o turismo de uma forma sustentável no arquipélago.

“Há um reconhecimento internacional por sermos uma região com um compromisso de sustentabilidade ambiental forte”, afirmou Rui Bettencourt, destacando as estratégias que têm sido levadas a cabo pelo Governo dos Açores e os bons indicadores que existem a vários níveis, provando um desenvolvimento de acordo com os objetivos de sustentabilidade.

“Tudo isso leva a constatarmos esta gestão da excelência açoriana no turismo”, salientou, realçando a necessidade de continuar a “preservar o meio ambiente, a terra e o mar”.

O Secretário Regional destacou ainda a importância de uma “gestão de influência” e de “estabelecer parcerias” nesse sentido, implicando os parceiros sociais, atores no terreno, agentes comerciais e turísticos, entre outros.

“É importante a conjugação destes vários atores para que essa gestão da nossa excelência seja uma realidade”, frisou.

Rui Bettencourt considerou ter sido “um bom debate à volta de uma questão muito importante para a União Europeia neste momento, que é o desenvolvimento do turismo e de um turismo sustentável de qualidade”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO