Açores. Trabalhadores dos matadouros vão estar em greve na próxima semana

0
12

Os trabalhadores dos matadouros públicos dos Açores vão estar em greve entre 13 e 17 de julho, anunciou hoje o sindicato do setor, para fazer cumprir o acordo estabelecido para a reposição de carreira.

De acordo com o comunicado enviado hoje pelo Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA), a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas deu conta “de que o Governo teria dificuldades em cumprir o acordo” firmado em 18 de fevereiro entre a Secretaria Regional, o Sindicato e o IAMA (Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas).

O departamento governamental informou o sindicato de que enviaria uma “proposta alternativa de reposição da carreira dos matadouros” até 30 de junho, mas a estrutura sindical ainda não recebeu o documento, motivo pelo qual os trabalhadores afetos ao sindicato, “independentemente da natureza do vínculo ou contrato”, estarão em greve de 13 a 17 de julho.

A segurança e manutenção de instalações e equipamentos será “assegurada nos mesmos moldes em que o são nos períodos de interrupção ou de encerramento”, lê-se no comunicado.

Para o STFPSSRA, “é inadmissível a posição que o Governo Regional está a assumir de não cumprimento do acordo que assinou”.

O acordo alcançado em fevereiro consagrava “a definição de funções dos trabalhadores dos matadouros dos Açores” e estabelecia sete escalões para o subsídio de risco, que variam entre 33% e 50%.

“Trata-se de um acordo que, não sendo a recuperação da carreira específica regional que os trabalhadores dos matadouros da região perderam em 2008, vem fazer com que os trabalhadores possam recuperar rendimentos e sobretudo que voltam a ter uma definição de carreiras de acordo com as funções que efetivamentedesempenham”, considerou o sindicato na altura.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO