Alexandre Gaudêncio “apanhado” a esconder financiamento comunitário à Nova Ponte da Ribeira Grande

0
359
DR - PS/Açores

Os Vereadores eleitos pelo Partido Socialista da Ribeira Grande lamentaram hoje o comportamento eleitoralista de Alexandre Gaudêncio ao ter escondido informação sobre o financiamento da Nova Ponte da Cidade.

Em causa, estão as declarações do presidente da Câmara Municipal à comunicação social, no dia da inauguração da Nova Ponte, referindo que «enquanto noutros concelhos existem ajudas governamentais, nesta obra tivemos que nos socorrer do orçamento da Câmara».

Esta atitude foi contestada pelos vereadores socialistas na última reunião de Câmara, de 30 de maio, uma vez que metade do custo da obra foi suportado por Fundos Comunitários, não correspondendo à verdade aquilo que Alexandre Gaudêncio afirmou.

“A obra foi apoiada em cerca de 1 milhão de euros pelo PO Açores 2020, um programa financiado pelos Fundos Comunitários FEDER e FSE, e cujo desenvolvimento regional é gerido pelo Governo dos Açores, sendo as respetivas candidaturas recebidas e aprovadas pelos seus departamentos governamentais”, referiram os vereadores do PS/Ribeira Grande.

Prosseguem, afirmando ser “falso que o Governo Regional tenha tido um comportamento discriminatório para com o Município da Ribeira Grande”, uma vez que “a respetiva candidatura foi aprovada, tendo em conta os mesmos critérios que são aplicados a todos os Municípios dos Açores”.

É mais do que evidente, que esta foi mais uma clara tentativa, por parte de Alexandre Gaudêncio, de prejudicar o Governo dos Açores com o único propósito de tirar dividendos políticos e pessoais para a eleições Europeias, tentando camuflar, deste modo, a sua falta de credibilidade dentro partido a nível nacional.

O PS/Ribeira denuncia, assim, este comportamento useiro e vezeiro de Alexandre Gaudêncio, classificando-o como um muito mau exemplo e que apenas contribui para a descredibilização, perante os cidadãos, daqueles que exercem cargos públicos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO