Arrojo do PSD passa por apresentar propostas que o PS já está a implementar

0
7

Os deputados do Grupo Parlamentar do PS/Açores eleitos pela Ilha Graciosa criticaram a proposta do PSD discutida na sessão plenária deste mês de junho, referente à Baía da Barra em Santa Cruz da Graciosa: “O que está hoje aqui a ser discutido e vai ser votado é um projeto de resolução que recomenda ao Governo que faça aquilo que, realmente já está a fazer, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa”.

José Ávila recordou a postura do PSD em relação a este investimento: “Primeiro não acreditavam neste projeto, depois desconfiaram, mais tarde apoucaram, mas agora, que o investimento está a tomar a sua forma, querem fazer de conta que sempre estiveram connosco, mas isso não corresponde à realidade, como bem sabe o povo Graciosense”.

O deputado do PS/Açores explicou o porquê do voto contra: “Não podemos viabilizar esta proposta do PSD porque esta é uma tentativa, mais uma, de tirar dividendos políticos. O aproveitamento da Baía da Barra é um investimento que consideramos estruturante para a Ilha Graciosa, mas não é de agora”.

A obra que está a sem concretizada pelo Governo dos Açores, em parceria com a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa já prevê que, posteriormente se aproveite “o espelho de água do seu interior, como fica demonstrado na sua configuração, na limpeza do canal de entrada da baía e pelo facto, o mais importante, de a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, ter avançado com os diversos estudos necessários e com o projeto da marina, contando, para isso, com o apoio do Governo”.

José Ávila reconheceu, no entanto, a necessidade de prolongar os prazos previstos “como infelizmente acontece com algumas das obras marítimas, mas isso ficou a dever-se, essencialmente, à complexidade da estrutura que é executada com técnicas inovadoras, sobretudo para não ter um excessivo impacto visual e às condições de mar do ano passado”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO