Assembleia Legislativa aprova resolução a condenar invasão militar russa na Ucrânia

0
22
blank
ALRAA. plenário

A Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores aprovou esta manhã, por
unanimidade, um projeto de resolução sobre o conflito na Ucrânia, iniciado a 24 de fevereiro deste ano. No documento, subscrito por todos os Grupos e Representações Parlamentares, os deputados açorianos condenam “a invasão militar da Ucrânia pelas forças armadas da Federação Russa, ordenada por Vladimir Putin” e apelam “à imediata retirada das tropas russas do território ucraniano”.

Através desta resolução, apresentada em Plenário pelo próprio Presidente da Assembleia, Luís Garcia, o Parlamento açoriano associa-se a “todas as iniciativas que visem a paz e expressa a sua solidariedade para com todos aqueles que, na Ucrânia ou fora dela, sofrem os horrores da guerra”, manifestando ainda toda a sua solidariedade para com os milhares de cidadãos russos detidos pelo regime de Putin, no seguimento de múltiplas manifestações de paz.

A iniciativa sublinha ainda a importância do papel do Governo dos Açores e da sua atuação
perante a atual crise humanitária, nomeadamente, através do “envio de bens de primeira
necessidade e no acolhimento de refugiados ucranianos”.

Recorde-se que a Rússia lançou, a 24 de fevereiro, uma ofensiva militar na Ucrânia, que já
causou mais de duas mil mortes entre a população civil. Os ataques provocaram também a fuga de cerca de dois milhões de pessoas para países vizinhos, segundo dados da ONU.