Aterro sanitário do Faial com fim à vista

0
30

Os deputados do PS/Açores eleitos pelo Faial destacaram, esta quinta-feira, a decisão do Governo Regional de construir um Centro de Processamento e Valorização Orgânica de Resíduos, que vai garantir a sustentabilidade ambiental da ilha.

“Este é, sem dúvida, um investimento fundamental para a ilha do Faial, que vai permitir uma gestão adequada dos resíduos e contribuir para um desenvolvimento ambiental sustentável da ilha”, assegurou o deputado Lúcio Rodrigues aos jornalistas.

Após uma visita ao local onde vai ser construído o centro, o parlamentar do PS/Açores adiantou que a solução encontrada para o Faial passa, assim, pela construção deste centro, que responde não apenas às preocupações ambientais, como também promove a sustentabilidade económico-financeira do sistema de gestão de resíduos.

“Nesta fase, está a decorrer o procedimento de concurso público internacional para a construção do centro, tendo a obra um prazo de execução de 365 dias”, explicou Lúcio Rodrigues.

Segundo o deputado socialista, a política de gestão de resíduos dos Açores assenta em princípios de racionalidade, eficácia e sustentabilidade financeira.

“Nesse sentido, a gestão de resíduos constitui um dos eixos fundamentais em que se deve basear a estratégia de desenvolvimento sustentável para a Região Autónoma dos Açores, o que determinou a elaboração do Plano Estratégico de Gestão de Resíduos da Região Autónoma dos Açores — PEGRA, enquanto instrumento de gestão territorial de política sectorial do ambiente”, afirmou o deputado.

“Desta forma, ultrapassa-se os constrangimentos das especificidades insulares, melhorando a qualidade de vida dos cidadãos e a competitividade das actividades económicas dos Açores”, concluiu o deputado do PS/Açores.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO