Atividade Sísmica nas Furnas com tendência decrescente

0
6

Segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), a atividade sísmica que se iniciou a 4 de janeiro, a oeste das Furnas, na ilha de S. Miguel, tem manifestado nos últimos dias uma tendência decrescente, já se encontrando próxima dos valores normais de referência.

Desde o início deste período de instabilidade, foram registados 195 eventos nesta área epicentral, todos de baixa magnitude.

No dia de ontem já não foi registado qualquer evento com epicentro na região em questão, mas ainda há possibilidade de ocorrência de mais sismos.

Do ponto de vista geológico, a sismicidade desenvolve-se no flanco oeste do Vulcão das Furnas, mais precisamente, numa faixa de direção NNE-SSW onde o bordo da caldeira externa do Vulcão das Furnas é intersetado pelas fraturas de direção aproximada WNW-ESE do Sistema Vulcânico Fissural do Congro.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) e o CIVISA continuam a acompanhar o evoluir da atividade. O SRPCBA recorda ainda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO