Autarquia assina novo contrato de comodato com ex combatentes do Faial

0
37
TI/SG

A Câmara Municipal da Horta, reconheceu uma vez mais o esforço de todos os ex-combatentes do Faial, ao  assinar um novo contrato de comodato com aquela Associação para utilização do terreno  municipal envolvente à sua sede, para os fins estatutários.
O contrato foi assinado no âmbito do Projeto”Presentes no Concelho”, que decorreu a semana passada na Freguesia das Angústias.

 
A Câmara Municipal da Horta promoveu no decorrer da passada semana na freguesia das Angústia a última edição do “Presentes no Concelho”.
No âmbito deste projeto, de 10 a 14 de julho, a autarquia, visitou a freguesia, reuniu com as instituições, procedeu à inauguração de algumas obras de requalificação e à assinatura de um novo contrato de comodato com a Associação de Ex-Combatentes.
A assinatura do presente contrato, que tem em vista a utilização do terreno municipal na Rua Manuel Alves, para os fins estatutários da associação, decorreu na tarde da passada quinta feira, dia 13 de junho, na sede dos Ex-Combatentes, espaço também ele cedido pela Câmara Municipal da Horta (CMH), há cerca de 16 anos.
Na ocasião, o presidente do executivo camarário, José Leonardo Silva, destacou o esforço que a autarquia tem feito para apoiar as instituições salientando que este protocolo além de “vincar esse esforço” vem ainda “reconhecer o esforço que todos os Ex-Combatentes fizeram pela nossa Pátria”.
No entender do presidente, “não podemos ter um concelho, uma Ilha ou uma População, que não sabe preservar a sua história, que não faça tudo para valorizar o trabalho destes homens”.
Para José Leonardo Silva, este protocolo com a duração de cinco anos é mais “uma forma de homenagear todos aqueles que lutaram e que fizeram no fundo da sua vida a bandeira da nossa Pátria”.
O autarca lembrou que o município tem “grande respeito” pelas suas instituições locais e neste sentido referiu que “sempre ajudaram esta Associação” naquilo que puderam.
O presidente referiu que este protocolo se integra no “Presentes no Concelho” da freguesia das Angústias e vai de encontro aquilo que a Câmara tem projetado para o presente mandato“que é uma forte aproximação às Instituições, de as apoiar, mesmo em tempos de grandes dificuldades”.
Por outro lado, salientou ainda que mesmo em tempos de dificuldade a autarquia não procedeu a cortes nos apoios e criou“um Fundo de Emergência Social, para dar respostas sociais, às necessidades das populações”.
Nesta cerimónia protocolar o Presidente da Assembleia Geral dos Ex-Combatentes, reconheceu o apoio que a autarquia tem dado à Associação, recordando que desde 2004 a Câmara tem participado e apoiado todos os eventos por ela promovidos. 
“Esta sede é a representação de um esforço enorme da Câmara Municipal”, afirmou Jorge Vieira, adiantando que este investimento vai fazer parte do livro que os Ex-Combantentes vão editar, com “a história desta Associação, reportada de 1993”, concluiu. 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO