BE pede atenção do Governo e das autarquias para apoiar retoma do sector da Cultura

0
14

O Bloco de Esquerda alertou esta semana o Governo Regional e as autarquias para a necessidade de serem criadas condições para a dinamização do sector da cultura, através da manutenção dos apoios previamente acordados, quer para garantir a sobrevivência das instituições e dos profissionais do sector, quer pela importância que a cultura tem para a vida em sociedade.

“A cultura envolve muita gente”, instituições, associações culturais, bandas filarmónicas, grupos folclóricos, grupos de teatro, artistas, empresas de organização de espetáculos, empresas de som – entre outras – e “é fundamental que todas estas entidades tenham uma atividade que lhes permita sobreviver a esta fase mais difícil”, explicou o deputado António Lima, após uma reunião com a Associação Maré de Agosto, em Santa Maria.

Num dia em que também reuniu com o presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto, o deputado do BE salientou que as entidades públicas – Governo Regional e autarquias – têm um papel muito importante na dinamização da atividade cultural, na organização de eventos que permitam impulsionar a retoma do sector, com as devidas adaptações à realidade atual, garantindo o cumprimento de todas as regras definidas pelas autoridades de saúde.

“A cultura é muitas vezes vista como o parente pobre da sociedade, e como algo dispensável, mas a cultura tem que ser também uma prioridade, não só para quem trabalha no meio cultural, mas também para a população em geral”,

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO