Bianca Azevedo: “Sinto que tenho muito para conquistar e estou preparada para novos desafios”

0
112
blank

Bianca Rosa Azevedo foi eleita presidente da Comissão Política de Ilha (CPI) da Juventude Social Democrata (JSD) do Faial, nas eleições que decorreram
a 6 de novembro de 2021.

Tem 21 anos e é licenciada em Ciência Política e Relações Internacionais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. Nos seus tempos livres dedica-se à leitura, à dança e ao exercício físico, conta, em entrevista ao Tribuna das Ilhas.

Tribuna das Ilhas (TI) – Como surgiu o gosto pela política?
Bianca Azevedo (BA)- O gosto pela política foi algo que surgiu sem eu dar conta, não consigo dizer o momento exato. A verdade é que acho que houve uma série de acontecimentos que despoletaram esse gosto. Lembro-me de participar na semana dos direitos ainda no 4º ano, e de ter sido uma experiência onde me senti muito bem, e depois disso participei na escola ao longo dos anos em várias edições do parlamento dos jovens e também na ação “Autarca por um dia”. Todas essas experiências em que houve um contacto mais direto com a política fizeram crescer esse gosto. Mas foi já quando estava no secundário que percebi que gostava, efetivamente, de política, e que fazer política e os próprios políticos não estavam tão longe do meu alcance como parecia quando tinha 9 anos. E depois de perceber também cada vez mais o impacto das decisões políticas na nossa vida, e de perceber que nós próprios fazemos política todos os dias sem pensarmos nisso, decidi que queria estudar essas dinâmicas e fazer uso desse gosto nos meus caminhos pessoais e profissionais.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura