BREVES

0
35

FURACÃO LORENZO – Reabilitado parque Infantil da Feteira e adjudicadas reabilitações em estradas afetadas

No âmbito dos investimentos programados para recuperação dos estragos causados pelo Furacão Lorenzo, a Câmara Municipal da Horta (CMH) deu por concluída a obra de reposição do Parque Infantil da freguesia da Feteira.
O investimento, na ordem dos 40 mil euros, incluiu a reposição integral de pisos bem como a aquisição e recolocação de novos equipamentos de diversão infantil.
Destaque ainda para a adjudicação – à empresa Tecnovia – Sociedade de Empreitadas S.A. -, das intervenções a realizar na rede viária municipal decorrentes desta intempérie que passou em outubro pelo Faial. No valor de 285 mil euros, a empreitada inclui a reabilitação da Rua da Igreja, da Canada da Igreja e do Caminho do Porto, na freguesia da Feteira, bem como do Caminho da Piscina e da Avenida Tenente Simas, no Varadouro, freguesia do Capelo, e deverá estar concluída dentro de 90 dias.

CULTURA – Programação do Theatro União Fayalense disponível online

Estão disponíveis do sítio web “Cultura Açores” os programas do Theatro União Fayalense, de 1878 a 1954. Os mais curiosos podem aceder à agenda cultural e conhecer os principais nomes dos diferentes períodos acedendo ao separador “Biblioteca Monografias e Periódicos” e escolhendo a opção “Iconografia”.
Esta é uma parceria do Centro de Conhecimento dos Açores e da Biblioteca Pública e Arquivo Regional João José da Graça.

RELIGIÃO – Franciscanas deixaram o Faial

Com a partida na passada sexta-feira, 22 desde mês, das religiosas Noémia Maria Alves, Teresa Gonçalves Fraga e Nair Conceição Ávila Meneses, as irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição cessaram a sua meritória atividade na ilha do Faial, cujo encerramento oficial ocorrera a 29 de dezembro findo.
Tendo chegado a esta ilha em 15 de julho de 1929, esta Congregação prestou inestimáveis serviços no Hospital da Misericórdia, no Asilo-Colégio de Santo António e no Asilo-Lar de São Francisco.
Durante 90 anos muitas foram as religiosas franciscanas hospitaleiras que abnegadamente trabalharam nestas três instituições, nelas dando um testemunho de vida cristã deveras notável, merecedor do maior elogio e apreço.
Trataram dos doentes no Hospital, acolheram e educaram crianças e adolescentes de fracos recursos e hospedaram e ensinaram muitos jovens a concluírem o curso liceal no colégio de Santo António, tendo ainda amparado e minorado as dores e a solidão dos velhinhos no Asilo da Mendicidade-Lar de São Francisco.
As Irmãs Hospitaleiras ainda desenvolvem ação benemérita nas ilhas do Pico, da Terceira e São Miguel.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO