BREVES

0
43
DR/TI
DR/TI

Vias Municipais Autarquia continua a trabalhar na melhoria das acessibilidades

A Câmara Municipal da Horta (CMH) já deu por concluídas as intervenções na Rua José Fialho e em parte da Rua Almeida Garrett, na freguesia da Conceição. A ação serviu para “repavimentação, e substituição da rede de abastecimento de água, recolha de águas pluviais bem como para construção de passeios e instalação de guarda de proteção à ribeira”, refere a autarquia, numa nota enviada à redação deste jornal.
Foram ainda repavimentadas a Rua Conselheiro Miguel da Silveira e a Travessa do Monturo, na freguesia da Matriz, sendo que a autarquia recorda que as intervenções agora concluídas não são apoiadas por fundos comunitários.
“Em fase de conclusão está a Grota do Jorge, na freguesia dos Cedros, e a Rua Ilha da Ventura na freguesia das Angústias, encontrando-se, ainda, em fase de obra, o Caminho Novo, na Ribeirinha, o Caminho do Farol, no Capelo, e a Canada do Cabeço Redondo, em Pedro Miguel”, informa.
No mesmo âmbito, a autarquia assinou na passada semana “o auto de consignação para a reabilitação” das vias municipais da Rua do Chão Frio, na freguesia da Praia do Almoxarife. A empreitada, com duração de 5 meses, prevê um investimento municipal “no valor de 704 mil euros” e inclui também o Caminho do Morro, na freguesia de Castelo Branco, a Rua do Lameiro Grande, na Feteira/ Flamengos, e a Rua da Arramada, na Praia do Norte.
Em relação ao Chão Frio, “a intervenção teve início há dois anos, com o alargamento da via e construção de muros, através de protocolos realizados com a Junta de Freguesia da Praia do Almoxarife, e com o processo de aprovação e visto da empreitada pelo Tribunal de Contas”, recorda, em nota, a autarquia.

Reunião com Diretora do Ambiente Carlos Ferreira alerta para a requalificação do pólo de Pedro Miguel do Jardim Botânico

A requalificação do Polo de Pedro Miguel do Jardim Botânico do Faial foi um dos temas em cima da mesa na reunião que decorreu na passada semana entre o deputado Carlos Ferreira, do PSD/Açores, e a Diretora Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Catarina Chamacame Furtado.
Neste encontro, que serviu para discutir assuntos pertinentes ao Faial, o deputado quis garantir a “concretização” do projeto, lembrando que o PSD apresentou, em setembro de 2019, uma proposta ao parlamento açoriano sobre este assunto. “Esta requalificação constitui um investimento muito importante para combater o despovoamento, valorizar o mundo rural e criar um novo polo de atração na ilha”, defendeu Carlos Ferreira.
O ordenamento do Porto do Comprido, inserido em área protegida, foi outro dos temas abordados. Sobre este assunto, o deputado explicou que os objetivos passam por “promover a avaliação futura das condições necessárias à sua requalificação como zona balnear de excelência, em conjugação com os requisitos vigentes em matéria de ordenamento da orla costeira”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO