Câmara de São Roque do Pico investe 600 mil euros na Avenida do Moinho

0
12

A Câmara Municipal de São Roque do Pico vai investir cerca de 600 mil euros na obra de requalificação da zona entre o farol e a Poça Branca, na freguesia da Prainha, e na construção da Avenida do Moinho.

A empreitada de requalificação da zona entre o farol e a Poça Branca, na freguesia da Prainha, e a construção da Avenida do Moinho espera-se que fique concluída até ao final do verão de 2020.

Depois de uma paragem forçada devido aos danos provocados pela ondulação marítima, os trabalhos já foram reiniciados e, além do traçado definido, incluem agora uma muralha de proteção entre a zona do Boqueirão e a Poça Branca, para atenuar eventuais galgamentos do mar.

Com um custo de 600 mil euros, a futura Avenida do Moinho ficará dotada com um passeio pedonal, ciclovia e miradouro, além de incluir um conjunto de arranjos urbanísticos.

O investimento permite, assim, requalificar uma zona que estava abandonada, criando, em simultâneo, melhores condições de vida para os residentes, bem como para os visitantes.

Localizada numa das freguesias do concelho com maior dimensão turística, a futura Avenida do Moinho é, segundo o presidente do Município, Mark Silveira, “fundamental” para dinamizar uma localidade onde o turismo rural tem um peso preponderante.

Numa visita à obra o autarca sublinhou a importância do turismo para a dinamização económica do concelho detentor da marca ‘São Roque do Pico-Capital do Turismo Rural’: “O concelho de São Roque e a freguesia da Prainha têm uma grande vocação turística e esta zona marginal necessitava de uma reabilitação para que se torne mais agradável e contribua para o lazer e bem-estar dos locais e dos turistas”.

Depois de concluída esta fase da obra, que foi um dos compromissos eleitorais assumidos com a população do concelho, o executivo municipal liderado por Mark Silveira pretende dar continuidade ao investimento recuperando o moinho, que dá nome à futura avenida.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO