Candidatos do PS orgulhosos do trabalho realizado e determinados para fazer o que ainda falta

0
13
DR/PS
DR/PS

A candidatura do Partido Socialista termina a campanha eleitoral para as eleições de 25 de outubro consciente do trabalho realizado, orgulhoso das obras concretizados e motivada para fazer o que ainda está em falta.

Os socialistas destacam investimentos levados a cabo, e em curso, nesta legislatura, como a construção da Escola do Mar dos Açores, do novo Matadouro do Faial, da ampliação e remodelação do Serviço de Urgência do Hospital da Horta e do Lar das Criancinhas, a reabilitação da Fábrica da Baleia de Porto Pim e da Estrada Regional entre o Largo Jaime de Melo e a Ribeira do Cabo, a ampliação do Jardim Botânico do Faial, a construção do novo edíficio para as empresas marítimo-turísticas do Faial e do novo Centro de Saúde do Faial, o novo Centro de Dia do Flamengos, a requalificação do Entreposto Frigorífico entre outros investimentos que poderiam ser referidos e que ascendem a várias dezenas de milhões de euros e que não podem ser omitidos por quem só quer fazer politiquice barata e desonesta, procurando atirar areia para os olhos dos faialenses.

“Tudo o que foi feito é também resultado do trabalho realizado pelos deputados do PS eleitos pelo Faial que não se revêem na política de lançamento de meros soundbites para as câmeras de televisão protagonizada pelos partidos da oposição em que o único objetivo é denegrir o Faial e aqueles que também trabalham por ele, omitindo até as suas próprias responsabilidades na concretização de alguns projetos”.

Os candidatos do Partido Socialista pelo Faial partem para estas eleições orgulhosos do investimento realizado nas últimas duas décadas mas igualmente motivados para concretizar mais investimentos como a 2.ª fase da Variante, a ampliação da pista do Aeroporto da Horta, o reordenamento do Porto Comercial e outros que consideramos fundamentais para o desenvolvimento do Faial.

“Esperávamos que as outras forças políticas concorrentes a este ato eleitoral em vez de se limitarem atacar o Partido Socialista e os faialenses que dão a cara por este projeto, apresentassem algo de diferente e inovador para a nossa ilha com propostas e projetos concretos”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO