Carlos Ferreira propõe incentivos à fixação de médicos na Unidade de Saúde da Ilha do Faial

0
23
DR
DR

O deputado do PSD/Açores Carlos Ferreira propôs ao novo governo regional a criação de condições para atrair clínicos para a Unidade de Saúde da Ilha do Faial (USIF), “implementando incentivos à sua fixação nesta e noutras unidades de saúde de ilha”, avançou.

O social democrata alertou, num requerimento entregue ao parlamento, que “a falta de especialistas em Medicina Geral e Familiar é um problema que se poderá agravar a curto prazo no Faial, uma vez que vários clínicos atingirão em breve a idade de passagem à reforma, uma situação que já preocupava a anterior Administração da USIF, sem que tenha sido possível, até ao momento, encontrar uma solução”,

Para Carlos Ferreira, “a diminuição do número de médicos ao serviço daquela unidade dificulta a prestação de cuidados de saúde primários e o objetivo de assegurar médico de família à população da ilha do Faial”.

“É uma questão que nos preocupa, e para a qual importa alertar o novo governo regional, tendo em vista a avaliação da situação e a definição de medidas para inverter a diminuição do quadro de médicos na USIF”, afirmou o deputado do PSD/Açores.

Carlos Ferreira lembra que, “nos últimos anos, a USIF não tem conseguido captar novos especialistas em Medicina Geral e Familiar, apesar de se tratar de uma unidade de saúde que tem idoneidade formativa para internato na área”.

No requerimento entregue no Parlamento, Carlos Ferreira quer saber se o novo Governo Regional dos Açores está a estudar instrumentos adequados à captação de médicos que possam colmatar as lacunas da USIF, designadamente através da criação de incentivos à fixação de especialistas em Medicina Geral e Familiar.

“É essencial que se criem as devidas condições para atrair e fixar médicos na ilha do Faial”, concluiu o parlamentar.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO