CDS-PP sai em defesa da Tourada à Corda nos Açores

0
14
DR/CDS
DR/CDS

O deputado Pedro Pinto, do Grupo Parlamentar do CDS-PP, declarou que “o PAN revela uma profunda repulsa pelas tradições e pela cultura dos Açorianos”. As declarações tiveram lugar no seguimento de uma intervenção do deputado do PAN que se manifestou contra as touradas à corda.

Pedro Pinto afirmou que “a tourada à corda constitui uma tradição profundamente enraizada na cultura açoriana, especialmente na Terceira, mas também na Graciosa e São Jorge”. Recorde-se que decorrem habitualmente, entre os meses de maio e outubro, mais de duas centenas de touradas à corda em várias ilhas açorianas.

O deputado do CDS-PP fez notar que “a tourada à corda tem um grande impacto na economia da ilha Terceira, representando mais de 11% do PIB, e tem também um impacto significativo na economia dos Açores, representando cerca de 2,5% do PIB regional. É uma tradição cultural do povo, feita pelo povo e sustentada pelo povo”.

“É legítimo que o deputado do PAN se posicione contra as touradas, mas não é aceitável que julgue ter o direito de impor a sua matriz cultural a toda a Região”, considerou Pedro Pinto. “Se o PAN atenta contra a cultura açoriana, o CDS-PP não hesita em defendê-la”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO