Federação Agrícola dos Açores escreve à Presidência Portuguesa do Conselho da união Europeia e à Presidente da Comissão Europeia

0
16
DR
DR

Por: Federação Agrícola dos Açores

Tendo em conta a realização do supertrílogo do dia 26 de março, e considerando o estado das negociações interinstitucionais respeitantes à Reforma da PAC, a FAA, em sintonia com as organizações de produtores de todas as Regiões Ultraperiféricas (RUP), voltou a escrever ao Senhor Primeiro-Ministro, António Costa enquanto Presidência do Conselho da União Europeia e à Senhor Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, a solicitar, pelo menos, a manutenção da atual dotação orçamental do POSEI no período 2023-27.

A FAA, em conjunto com as organizações de produtores das RUP, remeteu igualmente uma carta à Presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, na qual relembra os compromissos anteriormente assumidos, solicitando que a Instituição adote uma postura de proatividade e facilitação do acordo político entre os colegisladores.

As organizações representativas das RUP referem que a «manutenção do atual envelope financeiro é fundamental para que os Agricultores possam continuar a fornecer alimentos de qualidade a preços acessíveis e em quantidade suficiente às também populações europeias que residem nas zonas ultraperiféricas da União, além dos bens públicos inerentes ao exercício da profissão». Acrescentam que se torna «muito difícil explicar aos nossos Agricultores» que o processo negocial e a luta já se arrasta há praticamente três anos, e que a pandemia covid-19 veio reforçar o papel central dos Agricultores no fornecimento de alimentos a territórios que, por força das circunstâncias, estiveram ainda mais isolados dos mercados continentais.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO