CDU/Faial quer mais apoios para o Centro de Dia da APADIF

0
6
TI

No âmbito das eleições autárquicas de 1 de outubro, a Candidatura CDU reuniu com a Associação de Pais e Amigos 
dos Deficientes da Ilha do Faial (APADIF). 
No final do encontro Paula Decq Mota anunciou que o partido pretende o reforço dos programas desportivos relacionados com idosos, a atribuição atempada dos subsídios e mais apoios para o Centro de Dia da APADIF.
 
Na passada semana, numa ação de campanha das Eleições Autárquicas, a Coligação Democrática Unitária (CDU) realizou uma visita à APADIFe reuniu com o seu Presidente, José Fialho, no âmbito da elaboração do programa eleitoral da candidatura.
A candidata à Câmara Municipal da Horta (CMH), Paula Decq Mota, considerou que a APADIF “é uma instituição que tem o conhecimento necessário para mostrar os problemas da nossa ilha no que respeita aos idosos”. Neste sentido adiantou que “depois desta reunião saímos com a convicção que há muita coisa que ainda pode ser feita”.
Começando pela questão do pagamento dos subsídios às instituições, a CDU pretende que estes sejam atribuídos atempadamente, fazendo com que as instituições “deixem de precisar recorrer a outros meios ou ao próprio bolso dos membros das direções”.
“Pensamos que não deve pagar o justo pelo pecador. As associações cumpridoras dos seus deveres devem ter direito a receber os seus subsídios atempadamente para adquirir os seus materiais e depois sim ser fornecida a fatura”, defendeu a candidata à CMH.
O reforço dos programas desportivos relacionados com os idosos e o aumento do apoio ao Centro de Dia da APADIF são outras das pretensões da candidatura “Respeitar e Desenvolver o Faial”.
Para Paula Decq Mota, tendo em conta o “elevado número de idosos, que principalmente na cidade, estão fechados nas suas casas”, a procura de formas de dinamizar os Centros de Convívio, e “quem sabe reuni-los num só espaço”, constará no programa eleitoral da candidatura anunciou.
“Andamos à procura dessa solução e, com pessoal qualificado e adequado, pretendemos dar outro apoio aos nossos idosos ”, frisou.
A primeira candidata à Câmara Municipal da Horta pela CDU, Paula Decq Mota, realizou, no âmbito da sua pré-campanha eleitoral, um encontro com a Associação de Agricultores da Ilha do Faial, com o objetivo de se inteirar do trabalho realizado pela Associação, das suas diversas áreas de atividade e das dificuldades que os seus associados diariamente enfrentam, procurando, deste modo, encontrar medidas para incluir no seu programa eleitoral que contribuam para o fortalecimento e expansão deste setor.
Segundo Paula Decq Mota, a sua candidatura ao Municipio da Horta “defende a agricultura e produção local como motores essenciais para o desenvolvimento da nossa ilha, nomeadamente, procurando baixar o preço pago pela água dos agricultores locais, promovendo a aquisição dos produtos locais dentro da própria ilha e tentando desbloquear a questão da construção da central de armazenamento e frio”.
Entendendo que os municípios desempenham um importante papel junto do Governo Regional para a resolução de muitos dos problemas das populações, após a sua visita, a candidata salientou, também, que constitui sua preocupação e do seu partido o estado de muitos caminhos agrícolas, a falta de planeamento no transporte marítimo de carga, o preço do leite pago ao agricultor e a importância do transporte aéreo para a exportação dos nossos produtos.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO