CMH assinala Dia de Fiéis Defuntos

0
17
DR/CMH
DR/CMH

A Câmara Municipal da Horta, cumprindo uma antiga tradição, promoveu no dia 2 de novembro, a Missa de Fiéis Defuntos, este ano, e atendendo às restrições e indicações resultantes da Pandemia por Covid-19, na Igreja do Carmo.

Assim sendo foi mandada celebrar uma Eucaristia por todos os entes queridos, falecidos e sepultados no Cemitério do Carmo.

No final da celebração, o Executivo Municipal associou-se à homenagem que a Secção de Guarnição e Segurança do Faial presta, anualmente, aos militares falecidos na explosão do Quartel da Alagoa, junto ao memorial existente no cemitério.

A homenagem consistiu da deposição de uma coroa de flores no monumento erigido aos militares falecidos em 1941 na sequência de uma violenta explosão ocorrida na manhã de 22 de Abril que destruiu o Quartel de Bateria Independente de Defesa de Costa n.º 3 e vitimou 12 soldados e 1 civil, fazendo ainda 13 feridos, dos quais 10 eram militares.

O quartel situava-se na freguesia da Conceição e ocupava a antiga residência do Barão da Ribeirinha, no lado nascente da igreja da Conceição (onde hoje se encontra a sede daquela freguesia). A explosão danificou a referida igreja e as habitações em redor.

Cumpre-se hoje, também, um dia de luto nacional em homenagem às vítimas da pandemia da doença COVID-19, na sequência da decisão do Conselho de Ministros de 22 de outubro, como «(…) forma de pesar e de solidariedade de toda a população (…) perante a trágica perda de vidas provocada pela pandemia da COVID-19» – conforme se menciona no Decreto n.º 7-A/2020, publicado em Diário da República n.º 208/2020, 2.º Suplemento, Série I, de 26 de outubro; pelo que as bandeiras do Município estão colocadas a meia haste.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO