(Com)Cordas apresenta novos trabalhos de Andreia de Sousa no Pico

0
17

O projeto (Com)Cordas da MiratecArts com a artista Andreia de Sousa continua a dar frutos. No passado domingo, uma nova coleção de pinturas abriu portas na galeria da Atlântico Teahouse na Madalena, Pico, onde fica patente durante este outono. Enquadrado na programação da quinta edição do Festival Cordas, esta exposição de pintura é uma reflexão da participação da artista durante os últimos três anos de experiências em residências artísticas e participação de eventos na ilha montanha.

“Chegou ao fim da apresentação do 4º projeto (Com)Cordas, para minha tristeza” diz Andreia de Sousa, “mas não sem antes darmos início ao esboço do 5º e do que este poderá vir a ser. Nada viria a adivinhar, aquando da realização desta primeira parceira, há 3 anos, que este projeto teria uma continuidade anual, em diferentes formatos, mas com o mesmo princípio: contar histórias desta tradição dos tocadores que nos encantam com as estórias tocadas nas suas violas. Este ano deixo a ilha cedo demais, com vontade de ficar, mas há luz ao fundo do túnel e esperança num futuro que me fará retornar para continuar a partilhar a minha arte na ilha que tanto partilhou comigo.”

Andreia de Sousa é natural de São Miguel, onde desenvolve as suas criações artísticas no seu atelier na Vila Franca do Campo.  Licenciou-se em Psicologia, tendo desde então tido como foco principal do seu trabalho o ser humano e as emoções, exprimindo-se maioritariamente através da pintura. Para a MiratecArts e no projeto (Com)Cordas já elaborou uma pintura em tela 8m2 que está em exposição permanente na Biblioteca Municipal da Madalena, o mural na Paragem de Autocarro dos Biscoitos da Candelária e esta é a segunda exposição na Atlântico Teahouse. Ainda elaborou a pintura Art for All, All for Art no barco de pesca virado Palco LUX na MiratecArts Galeria Costa e este ano adicionou a peça Fénix no espólio da associação.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO