Covid-19: Mais cinco casos de infeção em São Miguel. Total nos Açores sobe para 47

0
91
DR
A Autoridade de Saúde dos Açores elevou hoje para 47 o número de casos positivos de covid-19 na região, com cinco novos casos detetados na ilha de São Miguel, a mais populosa do arquipélago.Numa nota enviada à imprensa, a Autoridade de Saúde Regional informa que estes cinco casos foram detetados na sequência de análises realizadas na Unidade de Genética e Patologia Molecular do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada.

Dois dos novos casos positivos referem-se a dois homens, de 37 e 49 anos, com “história de viagem recente ao exterior da região”.

Com diagnóstico confirmado estão ainda três mulheres entre 24 e 59 anos. De acordo com o comunicado, “um dos casos tem história de viagem recente ao exterior e os outros dois casos tiveram contacto com indivíduos com deslocação ao exterior da região”.

“Todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio”, indica a nota, referindo-se a estas cinco situações..

A Autoridade de Saúde dos Açores adianta também que “os casos estão a ser acompanhados pela Delegação de Saúde Concelhia, estando em curso os procedimentos definidos para caso confirmado e de vigilância de contactos próximos”.

Até hoje, foram detetados na região 47 casos positivos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, sendo 18 em São Miguel, nove na ilha Terceira, sete em São Jorge, oito no Pico e cinco no Faial.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 727 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 35 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 142.300 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 396 mil infetados e perto de 25 mil mortos, é aquele onde se regista atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 10.779 mortos em 97.689 casos confirmados até domingo.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 7.340, entre 85.195 casos de infeção confirmados até hoje, enquanto os Estados Unidos são o que tem maior número de infetados (143.055).

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 140 mortes, mais 21 do que na véspera (+17,6%), e 6.408 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 446 em relação a domingo (+7,5%).

Dos infetados, 571 estão internados, 164 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO