Crescimento Histórico – Madalena regista aumento demográfico pela primeira vez em quase 10 anos  

0
22

Em contraciclo com o resto do País e da Região, a Madalena foi o segundo Município açoriano com o maior crescimento populacional, entre 2018 e 2019, o que traduz o alcance das políticas de incentivo à natalidade e fixação de jovens, dinamizadas pela autarquia, bem como toda a estratégia de incremento da atratividade do território, cuja qualidade de vida e crescimento económico têm atraído famílias a se fixar no Concelho.

A Madalena registou, entre 2018 e 2019, o primeiro aumento populacional dos últimos oito anos, sendo o segundo Município açoriano com o maior crescimento demográfico, neste período, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), que atribuiu ao concelho um total de 5895 residentes, no ano de 2019.

Apesar de ligeiro, cifrando-se nos 0,34%, o aumento evidencia uma inversão histórica da perda de habitantes, refletindo o sucesso das políticas de fomento da natalidade e fixação de jovens, levadas a cabo pelo Município e distinguidas pelas mais diversas entidades a nível nacional.

A venda de lotes para habitação, com condições especiais para os jovens, a atribuição de bolsas de estudo aos universitários e kits de natalidade aos futuros pais, o Cartão de Famílias Numerosas e os múltiplos programas de conciliação da vida profissional e familiar, como a Ludoteca e a Bebeteca Municipais, o ‘‘MadalenAventura’’ e as ‘‘Férias em Movimento’’, são um exemplo da estratégia da autarquia no combate à desertificação demográfica.

Ciente de que a captação de jovens passa pelo aumento da atratividade do território e da coesão social, o Município tem ainda promovido diversas iniciativas, que visam o incremento da qualidade de vida e o crescimento económico, atraindo famílias e empresários a se fixar e investir no Concelho.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO