Crónicas de Bruxelas – O mal está sempre à espreita

0
9
TI
TI

Durante a segunda guerra mundial, a Alemanha nazi adaptou uma base militar polaca para acolher prisioneiros políticos desse país. Aí, os opositores e resistentes polacos seriam julgados e cumpririam a pena a que fossem condenados. A esmagadora maioria dos julgados morreram poucos minutos depois do início do julgamento.
Assim nascia o horrível campo de concentração de Auschwitz e, depois, nas redondezas, o ainda mais infame campo de Birkenau. Estes dois espaços são os exemplos mais conhecidos, mas houve dezenas de áreas similares por toda a Europa central no início dos anos 40.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO