Doenças – Açores são a região da Europa onde a diabetes mata mais

0
16

De acordo com os números do Eurostat (2016), a região da Europa onde a diabetes mais mata é nos Açores, logo seguida da Madeira e Alentejo.

As três regiões europeias onde a diabetes mata mais estão em Portugal, sendo elas as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira e o Alentejo.
É essa a conclusão dos dados emitidos pelo Eurostat relativamente à taxa de mortalidade por diabetes na Europa.
Indicam esses dados que nos Açores a diabetes faz mais de 74 vítimas em cada 100 mil habitantes, seguida da Madeira com 60 vítimas e o Alentejo com 50. Isto enquanto a média europeia anda nas 22 mortes por 100 mil habitantes (números de 2016),
Verifica-se, ainda, que há algumas regiões onde os números oficiais mostram que a diabetes faz mais de 45 vítimas em cada 100 mil habitantes, com destaque para o Chipre (64), Moravskoslezsko (57) e Severozápad (54), ambas na República Checa.
Em Espanha, as Canárias (47) e Ciudad Autónoma de Melilla (45), também estão perto do topo da tabela, assim como Burgenland (54) e Niederösterreich (46), na Áustria, e, em Itália, a Campânia (54), Sicília (48) e Calábria (45).
Os valores mais baixos na Europa, de acordo com os números do Eurostat, com base em taxas padronizadas, são registados na Roménia: Nord-Vest (5 mortes por 100.000 habitantes) e Bucareste (6), mas há 22 regiões do Reino Unido, cinco regiões na Finlândia e uma na Bélgica, Bulgária, Grécia e Lituânia onde há menos de 10 mortes por 100 mil habitantes.
O estudo do gabinete de estatísticas da UE, com números de 2016, revela que nesse ano a diabetes matou 114.400 pessoas na Europa, sendo assim responsável por 2% da mortalidade na Europa.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO