FADOS DE BRUNO COSTA HOMENAGEIAM FREGUESIA DA PRAINHA

0
294
DR

A freguesia da Prainha serviu de inspiração ao intérprete de guitarra portuguesa, Bruno Costa, na composição de duas novas músicas.

‘Tardes da Prainha’ e ‘Ladeira dos Castanheiros’ são os dois temas produzidos pelo músico, proprietário de uma moradia naquela freguesia, onde se refugia ao longo do ano para momentos de descanso.

Bruno Costa confessa que a composição das duas músicas nasceu com naturalidade depois de alguns anos a passar férias na freguesia da Prainha com a família e amigos: “A Prainha é o local que me acolhe para os momentos de descanso e onde é mais fácil inspirar-me e compor do que nos ambientes de tensão do dia a dia, com o trabalho e outros afazeres contínuos. Foi no meio desta tranquilidade, numa adega a olhar o mar, que compus estes dois temas”.

‘Ladeira dos Castanheiros’ traduz a ânsia do músico e família em chegar à Prainha sempre que viajam até ao Pico, com a rua inclinada a ser retratada como um “local de paz”, enquanto ‘Tardes da Prainha’ transmite um “ambiente de tranquilidade absoluta” no final do dia.

As duas músicas fazem parte do trabalho lançado a 31 de janeiro, em Coimbra, do projeto Cordis Piano & Guitarra Portuguesa, que funde o piano de Paulo Figueiredo com a guitarra portuguesa de Bruno Costa, mostrando, através de uma nova abordagem estética, facetas desconhecidas de alguns clássicos da guitarra de Coimbra.
Depois de já ter apresentado o projeto Cordis no Pico, Bruno Costa espera regressar à ilha para estrear os temas associados à Prainha.

A promoção da cultura e a divulgação do concelho detentor da marca ‘Capital do Turismo Rural’ através da música é uma das apostas do Município de São Roque do Pico.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO