FC Porto regressa a Braga com final da Taça de Portugal à vista

0
13

O FC Porto defende hoje em Braga uma vantagem de 3-0 na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, sabendo que só um feito inédito dos ‘arsenalistas’ pode afastá-lo da final.

O Sporting de Braga nunca venceu por três golos de diferença em receções ao FC Porto nesta competição e, para seguir em frente, terá de ganhar por quatro na ‘Pedreira’. E um tento do FC Porto complica as contas bracarenses, uma vez que se aplica a regra dos golos marcados fora para desempate.

Três dias depois de ter sido batida em casa pela equipa portista (3-2), em jogo da I Liga, a equipa bracarense procura assim fazer história, uma vez que nunca venceu por três golos de diferença em receções ao FC Porto na Taça de Portugal e só uma vez conseguiu anotar três tentos, há 60 anos, mas acabou eliminada da prova.

Esta época, os ‘dragões’ sofreram três golos por duas vezes, mas marcaram em ambas, numa vitória por 4-3 sobre o Moreirense, nos oitavos de final da Taça de Portugal, e na derrota por 3-2 com o Vitória de Guimarães, no campeonato.

Nos cinco jogos em Braga para a ‘prova rainha’, os ‘dragões’ venceram por duas vezes, os minhotos outras duas e registou-se ainda um empate.

Contudo, apenas na temporada 1957/58 os ‘arsenalistas’ conseguiram infligir três ‘tiros’ certeiros aos portistas – registo de que necessitam agora para anular a desvantagem –, mas sofreram um (3-1), depois de terem perdido nas Antas por 3-0, nos oitavos de final.

Em termos absolutos, o FC Porto tem evidenciado uma clara supremacia nos confrontos com o Sporting de Braga para a Taça de Portugal, apesar de os minhotos terem atenuado a tendência no século XXI.

O balanço é altamente favorável ao FC Porto, que, em 15 eliminatórias, se superiorizou à equipa bracarense em 12, incluindo duas na final, em 1977 e 1998.

Sporting de Braga e FC Porto defrontam-se a partir das 20:15, no Estádio Municipal de Braga, enquanto Sporting e Benfica completam as meias-finais na quarta-feira, num dérbi lisboeta em Alvalade, para o qual os ‘encarnados’ partem em vantagem (2-1).

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO