Flores. Apresentação do projeto final do Porto Comercial é “momento histórico”

0
18
blank

O presidente da Comissão Política de Ilha das Flores do PSD/Açores, Bruno Belo, classificou como um “momento histórico” para a população da ilha a apresentação do projeto final do Porto Comercial das Lajes das Flores.

“Trata-se de um investimento estratégico para a ilha das Flores e para o Grupo Ocidental dos Açores. A conclusão do projeto do Porto Comercial constitui um momento histórico para todos os florentinos”, afirmou o dirigente social-democrata.

Bruno Belo considera ser “um momento de viragem, em que encaramos o futuro com confiança, com uma enorme expectativa, depois da passagem do furacão Lorenzo que provocou a destruição do Porto Comercial”.

Daí que lamente que “o Partido Socialista, em vez de se congratular com um excelente investimento para as Flores, desmereça o esforço de todos quantos estão empenhados na reconstrução do Porto das Flores”, frisou.

O presidente da Comissão Política de Ilha das Flores entende revelar-se “um investimento estratégico, que abre novas e grandes oportunidades para a ilha das Flores, permitindo triplicar a capacidade de acostagem relativamente ao Porto anterior”, ressalvou, após a sessão de apresentação do projeto, presidida pela Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral.

Segundo Bruno Belo, o empreendimento confere “novas valências e novas oportunidades à náutica de recreio, passando a ser possível a atracação de mega-iates, o que anteriormente era impossível”, referiu.
Além disso, “o novo ordenamento do Porto vai dotar a pesca profissional de mais e melhores condições com a construção de uma nova zona destinada à pesca profissional”, referiu o social-democrata.

O projeto prevê igualmente a construção de uma gare de passageiros, bem como novas instalações para o Clube Naval da Lajes das Flores, constituindo “um enorme potencial económico para a ilha das Flores e para os Açores”, defendeu Bruno Belo.

Recorde-se que o Porto Comercial das Lajes das Flores ficou destruído com a passagem do Furacão Lorenzo a 2 de outubro de 2019, provocando constrangimentos no abastecimento da ilha