Frente Mar – Largo do Infante não estará pronto a tempo da Semana do Mar

Apesar de as obras da primeira fase da empreitada da Frente Mar estarem a decorrer dentro do previsto, a obra no Largo do Infante não estará pronta a tempo da Semana do Mar.

0
124

Segundo o Presidente da Câmara Municipal da Horta, as obras em frente à Estalagem de Santa Cruz, do Adro da Igreja e do Parque de Estacionamento, estarão concluídas dentro dos prazos previstos, mas a intervenção no Largo do Infante sofreu um ligeiro atraso devido a umas descobertas arqueológicas.

À margem de uma visita que o elenco camarário efetuou esta segunda-feira à primeira unidade da empreitada da Frente Mar, que inclui o Adro da Igreja das Angústias, a zona envolvente à Estalagem de Santa Cruz, o Parque de Estacionamento e o Largo do Infante, José Leonardo Silva adiantou que este espaço não estará pronto a tempo das maiores festividades da ilha.

Segundo o autarca esta situação já estava prevista, mesmo antes da descoberta de alguns achados arqueológicos naquele local, que provocaram um ligeiro atraso nos trabalhos, mas que as obras já se encontram a decorrer com normalidade apesar de “ainda existir um acompanhamento”, esclareceu.

“Previa-se a conclusão da obra para o final de julho”, afirmou José Leonardo Silva, acrescentando que esta data “já inviabilizava a Semana do Mar nesta zona”, uma vez que a organização do espaço tem inicio umas semanas antes da realização deste evento.

A este respeito, o presidente do Município da Horta, avançou que “a Comissão da Semana do Mar já reuniu acerca deste assunto” e decidiu “implementar a Semana do Mar sem contar com este espaço”, disse.

O presidente da Câmara Muni-cipal da Horta (CMH) garantiu que os prazos para a conclusão desta intervenção que considerou “como uma grande obra”, vão ser cumpridos.

A obra que tem em vista “a valorização” do edifício da Estalagem de Santa Cruz deve estar concluída no final do mês de fevereiro”, altura em que a unidade hoteleira entra em funcionamento e a intervenção no Adro da Igreja “é para estar concluída por altura da Festa de Nossa das Angústias em maio”, disse o autarca, salientando que “esse era o compromisso que tínhamos com o empreiteiro e é esse o prazo que está a ser respeitado”, reafirmou.

Em relação ao Parque de Estacionamento o edil observou que este também “está a correr normalmente e espera-se que esteja concluído no final do verão ou no início do outono deste ano”.

O chefe do executivo camarário adiantou ainda que a autarquia já está a trabalhar na segunda fase da Frente Mar com o gabinete que realizou o projeto e com os técnicos da CMH para dar início aos procedimentos o mais rápido possível para esta que seja uma obra “contínua”, ou seja, “quando estivermos a acabar esta primeira fase de execução já estejamos preparados para iniciar a segunda fase deste grande investimento de requalificação da cidade e de melhoramento e modernização dos espaços públicos e no fundo da nossa sala de visitas”, disse.

Esta primeira fase da Frente Mar que foi consignada no dia 27 de agosto de 2018 está orçada em 1,4 milhões de euros e tem um prazo de execução de 300 dias.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO