Função pública dos Açores vai trabalhar trinta e cinco horas por semana

0
7

O governo regional dos Açores anunciou a aplicação do horário de trabalho de 35 horas semanais em toda a administração pública regional.

O Vice-presidente do executivo, Sérgio Ávila, revelou que o governo chegou a acordo com a CGTP.

Em contrapartida, os representantes dos trabalhadores concordaram com a criação de um banco de 200 horas anuais, pagas em folgas ou férias, mas que na média anual não podem comprometer o objetivo das trinta e cinco horas.

O Vice-Presidente do Governo dos Açores, que falava após uma reunião com a CGTP-IN/Açores, lembrou que o executivo regional sempre manifestou o seu desacordo com a implementação do novo horário de trabalho de 40 horas determinado pelo Governo da República.

Para o Governo dos Açores, a “aplicação cega” desse horário não tinha em conta “as especificidades e necessidades dos vários serviços da Administração Regional, nem assegurava – pela mera sobrecarga horária aos trabalhadores – qualquer ganho em matéria de eficácia e produtividade dos seus serviços públicos.”

“Responsavelmente, também nos recusámos a embarcar, ao contrário de muitos outros, em promessas oportunistas e demagógicas, dado não terem qualquer sustentação legal, como avisadamente dissemos, criando expetativas e esperanças aos trabalhadores que não poderiam concretizar-se”, sublinhou.

 

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO