Governo dos Açores assegura abastecimento ao Corvo por via aérea

0
16

O Governo dos Açores, na sequência do agravamento do estado do mar, que não permite a realização da viagem do navio “Lusitânia” programada para esta semana, decidiu avançar com o abastecimento de bens essenciais à ilha do Corvo por via aérea, através do Fundo Regional de Coesão, utilizando espaço de carga da SATA Air Açores.

Assim, até sexta-feira, 3 de abril, será transportado um total de 1.500 quilos de produtos diversos, incluindo bens alimentares, produtos frescos, frutas, legumes e farinha.

A Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, através do Fundo Regional de Coesão, tem mantido contato permanente com os empresários locais, sobretudo aqueles que garantem o fornecimento de bens essenciais à população, tendo em conta a situação de contingência na Região, que foi prorrogada até 30 de abril, sendo que o abastecimento a realizar durante esta semana responde às necessidades manifestadas por esses empresários.

No último abastecimento por via marítima, realizado durante este mês de março, o navio “Lusitânia” efetuou quatro escalas e o navio “Paulo da Gama” uma escala no Porto da Casa, transportando cerca de 700 toneladas de bens alimentares, combustíveis, viaturas, materiais de construção, alimento para animais, congelados e outros bens diversos para a ilha do Corvo.

Por seu lado, o navio “Malena” esteve na última semana no Porto das Lajes das Flores, transportando diversos contentores, garantindo o abastecimento normal à ilha das Flores.

O Fundo Regional de Coesão está atento às necessidades especificas da população, junto com os empresários das duas ilhas do Grupo Ocidental, e vai continuar a acompanhar o evoluir do estado do mar, para, em relação à ilha do Corvo, articular com a Empresa de Barcos do Pico a realização da próxima viagem de abastecimento por via marítima, garantindo, entretanto, o transporte de bens por via aérea, através da SATA Air Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO