Governo dos Açores avança com obra de proteção costeira junto à fábrica de Santa Catarina, na Calheta, em São Jorge

0
17

O Governo dos Açores publicou hoje em Jornal Oficial uma resolução que autoriza o lançamento do concurso público para a empreitada de proteção e de infraestruturação do caminho municipal adjacente ao campo de jogos e à conserveira Santa Catarina, na Calheta, em São Jorge.

Esta obra tem um preço base de 1,2 milhões de euros, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor, tendo um prazo de execução de 12 meses, a partir da data da consignação.

A orla costeira junto à fábrica de Santa Catarina e ao campo de jogos da vila da Calheta tem sofrido, ao longo dos anos, um forte recuo devido a intempéries, sobretudo em 2019, quando o arquipélago dos Açores foi fustigado pela tempestade Kyllian e pelo furação Lorenzo.

Neste sentido, o projeto que havia sido elaborado, e apresentado publicamente em janeiro de 2019, teve de ser alterado para se ajustar às alterações da linha de costa provocadas pelas intempéries.

Assim, a empreitada prevê a execução de um talude de enrocamento de pedra, que se destina a proteger o caminho municipal, a construção de muros de suporte e guarda, a execução da drenagem pluvial do troço da via intervencionada e ainda a criação de passeios pedonais.

Após os procedimentos do concurso público, prevê-se que a empreitada possa arrancar durante o terceiro trimestre deste ano.

Este investimento, que representa um compromisso do Governo dos Açores, visa proteger e valorizar aquela zona costeira da vila da Calheta, frequentemente assolada por fenómenos de agitação marítima, resultantes de condições meteorológicas adversas e que põem em causa as condições de segurança da falésia e da via adjacente.

A resolução, aprovada em Conselho do Governo a 21 de abril, entra em vigor sexta-feira, 24 de abril.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO