Governo dos Açores forma Gestores Locais de Energia em Edifícios Públicos

0
12
DR

A Diretora Regional da Energia destacou hoje o número de Gestores Locais de Energia em Edifícios Públicos que estão a ser formados, em cumprimento do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública nos Açores, recentemente publicado, tendo em vista “melhorar progressivamente a eficiência energética nos serviços e organismos públicos da Região”.

“No ano passado formámos cerca de 40, atuação que prosseguimos neste ano, considerando que é um elemento que se constituiu como peça-chave na concretização deste programa”, afirmou Andreia Carreiro.

A Diretora Regional salientou que “um Gestor Local de Energia é responsável por difundir, de forma pedagógica, conhecimentos em matéria de energia no seu local de trabalho, propondo, dinamizando e monitorizando medidas de melhoria de desempenho energético”.

No âmbito desta formação, os participantes ficam também “capacitados para usufruir da plataforma eletrónica de gestão de energia Barómetro ECO.AP, desenvolvida pela ADENE – Agência para a Energia, ferramenta imprescindível na operacionalização do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública nos Açores”, acrescentou.

A Diretora Regional reforçou a importância desta formação na concretização da política energética regional, por um lado, porque se fomenta “a redução do desperdício energético num setor que representou cerca de 10% do consumo da eletricidade em 2018 na Região” e, por outro, porque “a administração pública deverá sempre liderar pelo exemplo, com máxima transparência, dando primazia à otimização de recursos públicos, sendo esta ação, por isso, um importante impulso à adoção de boas práticas em termos de eficiência energética”.

Andreia Carreiro falava na abertura da ação de formação denominada ‘Gestores de Energia em Edifícios Públicos’, que decorreu hoje, em Ponta Delgada, seguindo-se sessões na Horta, a 22 de outubro, e em Angra do Heroísmo, a 24 de outubro, cujas inscrições devem ser efetuadas junto do CEFAPA – Centro de Formação da Administração Pública dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO