Governo dos Açores intensifica ação e vigilância estratégica em Bruxelas

0
6
DR

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas reiterou hoje, na Assembleia Legislativa, na Horta, a intenção do Governo dos Açores de intensificar a sua ação junto do Parlamento Europeu e das restantes instituições europeias.

“Temos que ter uma estratégia de intensificação da nossa ação em relação ao Parlamento Europeu”, afirmou Rui Bettencourt, que falava no debate de um projeto de resolução sobre ‘Os Açores e o novo Quadro Comunitário de Apoio’.

Para o governante, o Parlamento Europeu “é fundamental” neste processo, porque é o parlamento que vai aprovar o Quadro Financeiro Plurianual, daí a necessidade de prestar “uma grande atenção” a esta realidade.

“A nossa estratégia é de uma grande vigilância e de acompanhamento em relação, em particular, a quatro comissões do Parlamento Europeu”, frisou o titular da pasta das Relações Externas, mencionando as comissões de Desenvolvimento Regional, da Agricultura e Desenvolvimento Rural, das Pescas e do Orçamento.

“Estas quatro comissões do Parlamento Europeu são as comissões que seguimos e acompanhamos em particular, como parte dessa estratégia de acompanhamento e vigilância de todos os assuntos que tocam nos Açores em particular”, disse Rui Bettencourt.

Na sua intervenção, o Secretário Regional considerou que se vive “um momento muito particular, um momento desafiante, porque inédito, na construção europeia e, em particular, na preparação deste quadro financeiro”.

“Este momento é inédito porque quer na abordagem, quer na negociação, quer na construção deste quadro financeiro nada será como dantes” afirmou.

“Na abordagem, nós temos que partir, e partimos, para uma estratégia de alianças externas, que nos levem a sermos ouvidos, e também para uma estratégia de concertação interna, que nos leva a falar com uma voz mais forte ainda, e também para um conhecimento com clarividência daquela que é a realidade”, salientou o titular da pasta das Relações Externas.

Rui Bettencourt adiantou que, nesse sentido, na próxima semana terá uma série de reuniões de trabalho em Estrasburgo e em Bruxelas, nomeadamente com o Presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, Younnos Omarjee, com a Vice-Presidente da Comissão de Orçamento, Margarida Marques, e com o relator para o Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027 no Parlamento Europeu, o eurodeputado José Manuel Fernandes, além de outros eurodeputados que têm a seu cargo as Pescas e a Agricultura.

O Secretário Regional disse ainda que se reunirá com um grupo de Açorianos residentes em Bruxelas e que estão envolvidos nas questões europeias em várias instituições comunitárias, “no sentido de apelar à mobilização e à articulação” para que, nas suas diferentes instituições, possam agir tal como já o fazem internamente.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO