Governo dos Açores quer “cortar as pernas” ao alojamento local

0
8
O deputado do PSD/Açores António Pedroso denunciou hoje que o Governo Regional quer “cortar as pernas” ao alojamento local no arquipélago, alegando que o executivo está a preparar legislação que vai restringir a criação de novas unidades.
“O alojamento tradicional, em 2018, teve um aumento residual de 0,1% na ocupação de camas. Em contrapartida o alojamento local tem aumentado significativamente na Região (7%), à semelhança do que acontece a nível nacional. Curiosamente, o Governo Regional prepara regulamentação para ‘cortar as pernas’ aos alojamentos locais”, afirmou o social-democrata, no parlamento, numa interpelação ao executivo sobre turismo e acessibilidades.
O parlamentar do PSD/Açores salientou que as futuras restrições ao alojamento local, previstas na proposta de revisão do Programa de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores, podem colocar em risco o rendimento de muitas famílias que investiram neste tipo de alojamento.
“O alojamento local é um tipo de negócio, por vezes familiar, que cria postos de trabalho e envolve 1713 pessoas ou famílias. Muitas vezes serve como complemento aos rendimentos das famílias. Se a legislação futura concretizar demasiadas exigências a essa tipologia, poderá acabar com este rendimento extra de mutas famílias açorianas”, disse.
Segundo António Pedroso, “uma tipologia não subsidiada pelo Governo, como é o alojamento local, consegue em três anos atingir 12.461 camas, um valor idêntico aos grandes hotéis subsidiados”.
“O alojamento local, que não é subsidiado com dinheiros públicos, revitalizou um número considerável de casa degradadas e abandonadas, tanto no meio urbano como rural”, frisou.
Para o deputado do PSD/Açores, “o alojamento local é, a par do turismo em espaço rural e dos parques de ‘glamping’, uma das tipologias que mais se enquadram num destino de natureza, e que personaliza experiências e vivências únicas para oferecer aos turistas que nos visitam”.
Na sua intervenção, o parlamentar social-democrata destacou ainda que o aumento de turismo verificado nos últimos anos “foi o resultado claro do novo modelo de transporte aéreo implementado entre aos Açores e o continente, graças a um Governo da República liderado pelo PSD”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO