Governo Regional lança campanha para promover consumo de produtos Açorianos

0
20

O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, deu início a uma ampla campanha de divulgação, sensibilização e aquisição de produtos com o selo “Marca Açores”.

O Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, Duarte Freitas, destacou hoje, em Vila Franca do Campo, que “esta campanha tem o objetivo de intensificar a visibilidade e sensibilizar os consumidores para a aquisição dos produtos regionais”.

Durante uma visita à empresa que confeciona a queijada de Vila Franca do Campo “do Morgado” – detentora do selo da “Marca Açores” desde maio de 2016 – o governante adiantou que a campanha publicitária decorrerá até ao final do ano, tendo em conta “a aproximação da quadra natalícia, época favorável à aquisição e consumo de produtos, com destaque para os alimentares”.

Esta iniciativa ampla de promoção, enquadrada no Programa do Governo Regional, abrange todos os concelhos da Região, através de diversos meios, nomeadamente ‘muppies’, ‘outdoors’, jornais, rádios, RTP/Açores, assim como através de canais digitais.

“Queremos apelar à compra, oferta e consumo dos nossos melhores produtos, contribuindo também para aproximar consumidores e produtores de cada concelho ou ilha que verão reconhecidos os benefícios de se associarem à ‘Marca Açores’, através desta iniciativa”, garante Duarte Freitas.

No âmbito desta visita, o Secretário Regional asseverou também que está a ser feito trabalho “na reforma da estratégia de marca, já anunciado publicamente, com o objetivo de posicionar os produtos da ‘Marca Açores’ em um nível ‘premium’, para que possam significar mais-valias para os produtores açorianos”.

Nesse sentido, explicou Duarte Freitas, “é preciso também identificar, cada vez mais, o caráter genuíno intrínseco dos produtos açorianos com a ‘Marca Açores’ que se quer vender”.

O projeto “Marca Açores”, sob a tutela de Duarte Freitas, foi criado com intuito de contribuir para uma valorização, cada vez maior, dos produtos e serviços regionais, e constitui uma importante ferramenta de afirmação da identidade açoriana dentro e fora do Arquipélago, o que permite, por sua vez, o incentivo da base económica de exportação, a geração de mais riqueza e mais emprego.

Paralelamente, está em curso uma nova abordagem de promoção e valorização dos produtos e serviços açorianos, através de uma reflexão profunda sobre a ‘Marca Açores’, com o intuito de definir novos princípios orientadores, maior rigor nos critérios de atribuição do selo, a par de um investimento contínuo no projeto.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO