Governo saúda enfermeiros e enaltece processo de vacinação

0
9
DR/GACS
DR/GACS

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, saudou os enfermeiros Açorianos, no dia internacional da profissão, lembrando o seu papel nos últimos tempos no que diz respeito à testagem à COVID-19 e à vacinação contra a doença, num momento em que maior número de vacinas chega à Região.

“Hoje é o Dia Internacional do Enfermeiro, e quero, em nome da cidadania, e em nome deste Governo Regional, deixar uma palavra de apreço a todos, enfermeiros e enfermeiras”, declarou hoje o governante, estendendo os cumprimentos a “todos os profissionais de Saúde e da Saúde dos Açores, incluindo por isso administrativos e auxiliares”, que “têm feito da sua dedicação e do seu espírito de missão a razão principal” para a sua eficiência.

O Presidente do Governo visitou esta tarde o posto de vacinação contra a COVID-19 aberto pela Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel (USISM) nas Portas do Mar, em Ponta Delgada.

No espaço, que tem atualmente 10 cabines para inoculação, é esperado um aumento em breve para 12 cabines.

“As vacinas estão a chegar e a capacidade de inoculação está a adaptar-se a esta chegada das vacinas. Não há sucesso no processo de vacinação sem vacinas”, acrescentou José Manuel Bolieiro.

Reconhecendo que “em qualquer processo há sempre uma coisa ou outra que pode falhar”, o governante assinalou que “não se pode fazer da exceção a regra”.

“Quero aqui enaltecer a regra: o processo tem corrido muito bem”, concretizou, referindo-se à vacinação nos Açores, e aproveitando testemunhos diretos que obteve na visita desta tarde.

“Eu vou ao sítio e oiço o testemunho direto”, disse ainda, declarando ter recebido elogios pela organização e tratamento dado aos cidadãos no referido centro de vacinação.

O Presidente do Governo dos Açores lembrou ainda que o Orçamento da Região para este ano, recentemente aprovado na Assembleia Legislativa, prevê um reforço no financiamento para a Saúde, nomeadamente pelo reforço de profissionais e ao nível de carreiras e estabilização de vínculos laborais.

“O Orçamento para 2021 foi construído no reforço dos meios financeiros e orçamentais para garantir este caminho de progresso”, acrescentou o governante, destacando também a prioridade do Executivo em acabar com o “subfinanciamento crónico” do setor.

Será em breve também constituído um grupo de trabalho para a implementação do enfermeiro de família, um “objetivo de governação que vai ser concretizado”, disse também José Manuel Bolieiro, que asseverou também a criação de uma equipa de trabalho para abordar as questões remuneratórias destes profissionais.

E concretizou: “Este Governo reconhece, agradece, mas assume compromissos e cumpre compromissos”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO