Homenagem Ermelindo Peixoto

0
33
DR

Por: Avelino Meneses

Palavras proferidas na homenagem prestada ao Prof. Doutor Ermelindo Peixoto pela Ordem dos Psicólogos. Ponta Delgada, 26 de outubro de 2019.

Num passado muito longínquo, talvez até anterior à revolução científica, equiparava-se muito simplesmente a História a um desfile de personalidades e a um somatório de factos. Depois, num tempo também já distante, em atitude reativa, a influência do marxismo provocou a depreciação do indivíduo na História, em benefício da valorização da coletividade. Por outras palavras, à crença excessiva no Homem enquanto individualidade sucedeu a desconfiança excessiva no Homem enquanto individualidade.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO