Hospital da Horta – Equipas de suporte intra-hospitalar de cuidados paliativos vão ser criadas ainda no primeiro semestre de 2019

0
67
DR

Já se encontra publicada a constituição das equipas hospitalares de suporte em cuidados paliativos para o Hospital da Horta.

Segundo o Secretário Regional da Saúde o início do trabalho de referenciação no Hospital da Horta irá decorrer ainda no primeiro semestre de 2019.

O Governo Regional anunciou no final da passada semana que vão ser criadas equipas de suporte intra-hospitalar de cuidados paliativos no Hospital da Horta e no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo.
“Foi publicada hoje a constituição das equipas hospitalares de suporte em cuidados paliativos nestes dois hospitais. É um passo para que, efetivamente, no terreno, comecemos a trabalhar no sentido de desenvolver Unidades de Cuidados Paliativos em cada uma destas unidades hospitalares”, anunciou Rui Luís.
O titular da pasta da Saúde adiantou ainda que se prevê o início deste trabalho de referenciação no Hospital da Horta no primeiro semestre de 2019, e no Hospital da Ilha Terceira ainda ao longo deste ano.
De acordo com o governante a estratégia é “replicar” o exemplo do Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada para o Hospital da Horta e para o Hospital da Ilha Terceira.
Para Rui Luís, são evidentes os esforços a nível regional para a melhoria das respostas no âmbito dos cuidados paliativos.
Na ocasião, Rui Luís anunciou também a aposta num reforço da formação para profissionais de saúde desta área.
“Vamos ter, em breve, um projeto novo liderado pelo Grupo de Amigos dos Cuidados Paliativos do Hospital do Divino Espírito Santo, com o apoio da Secretaria Regional da Saúde, que será de formação e acompanhamento aos profissionais de saúde em todas as unidades de saúde de ilha dos Açores”, adiantou.

Concluído relatório externo de análise da Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados
A Secretária Regional da Solidariedade Social anunciou também que o relatório externo de análise à Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados, solicitado pelo Governo dos Açores, já se encontra concluído e “em breve” será entregue na Assembleia Legislativa.
O anúncio foi feito por Andreia Cardoso, em Ponta Delgada, à margem da audição pela Comissão Eventual de Inquérito à Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados, sustentando que esta auditoria “incidiu nos domínios da igualdade no acesso ao internamento e na garantia da celeridade dos processos de admissão dos doentes”.
A este respeito a Secretária Regional referiu que, de acordo com a Accenture, empresa contratada para efetuar a auditoria, “o diagnóstico da atual situação daquela Rede teve como objetivos a identificação dos principais constrangimentos e as perspetivas de oportunidades de melhoria existentes”.
Andreia Cardoso sustentou ainda que “a monitorização e avaliação da rede estiveram sempre asseguradas”, garantindo, assim, o contínuo funcionamento daquelas unidades, mesmo que por entidades diferentes, de acordo com o momento temporal.
Por seu lado, o Secretário Regional da Saúde, que também foi ouvido por aquela Comissão Eventual de Inquérito, adiantou que as unidades de Cuidados Continuados se encontram num período de processo de licenciamento, cuja avaliação da qualidade de funcionamento é da competência da Direção Regional de Saúde.
O titular da pasta da Saúde referiu que, nessa altura, caberá às equipas de coordenação local fazer as avaliações na sua área de referência e à equipa de coordenação regional competirá, com base nestas avaliações, avaliar a Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados.
A Comissão Eventual de Inquérito à Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados foi criada com o intuito de “analisar e avaliar os procedimentos adotados pelas secretarias regionais da Solidariedade Social e da Saúde, bem como pelos departamentos do Governo Regional e entidades tuteladas pelas referidas secretarias, nos casos de alegados maus-tratos a idosos divulgados por órgãos de comunicação social”.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO