“I Festival da Viola” arranca 2.ª feira com grupos de 5 Ilhas dos Açores

0
20

O “I Festival da Viola” arranca hoje e decorrerá a 14 e 15 de Junho em formato “on-line”.

Nesta primeira Edição teremos dois dias de uma grande festa da Viola com a presença de grupos musicais de 5 Ilhas dos Açores.

No dia 14 de Junho teremos a abrir o grupo “Corações de São Jorge” constituído pelos Jorgenses Diana Sousa (Voz) e Renato Bettencourt (Viola da Terra) e pelo Holandês Pieter Adriaans (Violão). Segue-se o “Projeto Engengroaldenga” com os Marienses Alexandre Fontes e Rui Resendes, que vão alternando a execução musical entre Viola da Terra e Violão. O Serão termina com o projeto “Raquel Dutra” com os Micaelenses Adílio Soares (Viola da Terra), Jorge Dutra (Violão), Raquel Dutra (Voz e Bandolim) e Ruben Torres (Contrabaixo).

No dia 15 de Junho o “Duo Cordibus” faz a abertura do Festival, sendo constituído pelos Terceirenses Evandro Meneses (Viola de 15 cordas) e José Sousa (Violão de 7 cordas). Do Pico teremos o grupo “Mar&Ilha” com Jorge Silva da Ilha do Pico (Viola da Terra e Violão), Marcos Fernandez de Vigo (Viola da Terra e Violão), Rui Silva de Coimbra (Percussão) e Sara Miguel do Porto (Voz). Para fechar a segunda e última noite teremos o “Trio Origens” com os Micaelenses Carolina Constância (Violino), César Carvalho (Violão) e Rafael Carvalho (Viola da Terra).

O “I Festival da Viola” decorrerá em formato “On-line”, a 14 e 15 de Junho, sempre pelas 20:30, com estreias no canal de YouTube da Associação de Juventude Viola da Terra: youtube.com/ajvioladaterra e que serão também partilhadas na página de Facebook da Associação em facebook.com/aj.violadaterra.

Pretende-se com esta iniciativa das a conhecer os grupos Açorianos que têm a Viola da Terra na sua formação musical e que estão explorando e desenvolvendo a sua sonoridade e repertório.

O evento é promovido pela Associação de Juventude Viola da Terra, faz parte da “Temporada de Violas da Terra 2021” e integra a programação do Azores FRINGE Festival, promovido pela Associação MiratecArts, sendo a iniciativa apoiada pela Direção Regional da Cultura.

 

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO