Iniciativa do GPPS/Açores é importante contributo para aumentar preço do leito pago ao produtor

0
7
DR
DR

Na sequência das audições realizadas na Comissão de Economia, no âmbito
da proposta do PS/Açores que “recomenda ao Governo dos Açores a adoção
de medidas para o relançamento econômico do setor do leite e lacticínios”,
Carlos Silva destaca a concordância que existiu em relação ao facto de “o
preço do leite pago ao produtor ser muito baixo”. O deputado do PS/Açores
insiste na importância de todos os intervenientes “assumirem as suas
responsabilidades” neste processo.
“Foi praticamente unanime o reconhecimento de que já foi feito muito
trabalho”, realçou o deputado do Grupo Parlamentar do PS/Açores, referindo-
se às melhorias nos caminhos agrícolas, na capacidade de abastecimento à
lavoura e na eletrificação das explorações. “Estes são factores que
contribuem para reduzir os custos de produção e aumentar os rendimentos,
mas é preciso fazer mais”, acrescentou.
Depois de ouvido o Presidente da Federação Agrícola dos Açores e os
representantes da ANIL e Lactaçores, esta segunda-feira, na Comissão de
Economia, Carlos Silva reconhece que “nem todos querem assumir as suas
responsabilidades nesta matéria”, mas reitera a importância de haver “um
acordo entre a produção e a indústria, sendo que esse acordo deverá reverter
para aumentar o preço do leite pago ao produtor”.
Considera, por isso, que a iniciativa do PS/Açores é um passo importante
para dar resposta a esta necessidade, recomendando ao Governo que atue,
incentivando essa “união de todos os intervenientes do setor do leite e
lacticínios – produtores, cooperativas, associações, indústria e distribuição”
que “adote medidas para que as indústrias de Lacticínios dos Açores possam
promover acordos de tarifas com a distribuição”.
Promover e apoiar iniciativas “com vista à internacionalização e exportação
dos produtos lácteos dos Açores, com o objetivo de continuar a alcançar
novos mercados para os nossos produtos”, é outra das medidas que o Grupo Parlamentar do PS/Açores propõe no projeto de Resolução que está a ser
analisado na Assembleia Legislativa dos Açores.

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO