Jácome Armas – “Espero, um dia, criar um centro de estudos avançados no Faial ou no Pico”

0
143
DR
DR

Nascido no Faial, em 1985, Jácome Armas é, atualmente, um dos mais brilhantes físicos
europeus. Licenciou-se em Engenharia Física pela Universidade de Aveiro, com uma passagem pela Irlanda, para estudar Física Teórica durante um ano no Trinity College, em Dublin, ao abrigo do programa Erasmus. Completou o Mestrado em Estudos Avançados em Matemática Aplicada na Universidade de Cambridge, Inglaterra, e o Doutoramento em Física Teórica no Niels Bohr Institute, na Dinamarca.
A sua vida é um bom exemplo de como o mundo se transformou numa pequena aldeia graças ao desenvolvimento tecnológico. A viver na Dinamarca, ensina Física Teórica na Universidade de Amesterdão, na Holanda. Há cerca de 10 anos, fundou o projeto “Science & Cocktails”, que potencia eventos onde se pode falar de ciência enquanto se ouve música, aprecia arte e desfruta de um bom cocktail, e que tem expressão na Dinamarca, na Holanda, na Bélgica e na África do Sul. Faz tudo isto com o Faial e os Açores sempre no pensamento.
Em 2014 a Companhia das Ilhas editou o seu livro Conjunto Homem, um ensaio filosófico que ilustra bem o seu ímpeto de descrever o mundo não apenas sob a perspetiva da ciência. Mais recentemente, já em 2021, a prestigiada editora britânica Cambridge University Press anunciou a publicação de Conversations on Quantum Gravity, livro onde Jácome Armas entrevista 37 físicos sobre a busca pela teoria da gravidade quântica. O Tribuna das Ilhas conversou com o autor sobre a obra, mas também sobre os desafios da pandemia, o papel do Faial e dos Açores na sua vida e a sua incessante vontade de pensar e descrever o mundo sob variadas perspetivas.

Tribuna das Ilhas (TI) – Comecemos pelo mais difícil. O Jácome é um dos mais brilhantes físicos europeus, no entanto o seu trabalho é dedicado a algo muito difícil de explicar ao cidadão comum. Por isso, um desafio: de uma forma breve, como explicar aos nossos leitores em que consiste a gravidade quântica?
Jácome Armas (JA) – Existem dois grandes pilares da física: a mecânica quântica e a teoria da relatividade geral. A mecânica quântica (ou teoria quântica de campo) engloba o conjunto de leis que governam a interação entre partículas muito pequenas em casos em que a atração da gravidade entre partículas é desprezável. As interações entre fotões (partículas de luz) ou quarks (as partículas que compõem o núcleo dos átomos) são exemplos de situações que obedecem às leis da teoria quântica de campo. No outro oposto está a teoria da relatividade geral que engloba o conjunto de leis que governam os movimentos de corpos astronómicos como o planeta Terra, galáxias e até buracos negros que modificam tanto o espaço como o tempo. Contudo, existem situações cuja descrição necessita da combinação da mecânica quântica com a relatividade geral. O interior dos buracos negros, o big bang ou o que acontece aquando da colisão de partículas a energias muito elevadas são apenas alguns exemplos. Teorias da gravidade quântica tentam explicar este tipo de fenómenos e situações, mas até hoje não existe qualquer confirmação experimental de que qualquer uma delas esteja correta.

Este conteúdo é Exclusivo para Assinantes

Por favor Entre para Desbloquear os conteúdos Premium ou Faça a Sua Assinatura

O MEU COMENTÁRIO SOBRE ESTE ARTIGO